Início » Física » A teoria do entrelaçamento quântico: o que significa?

A teoria do entrelaçamento quântico: o que significa?

Compartilhe!

Neste texto vamos falar sobre a teoria do entrelaçamento quântico. A expressão “entrelaçamento” foi criada por Erwin Schroedinger, um físico de origem austríaca, quando foi realizada, em 1935, um experimento da natureza mental denominada Gato de Schroedinger.

Nesta experiência, ele compara o universo que conhecemos cotidianamente com a mecânica quântica, demonstrando com a história de um gato encerrado em uma caixa com um recipiente de veneno.

Um contador é planificado para promover a disseminação desta substância fatídica assim que ele notar a presença de radiação. Existem então varias possibilidades em ação, o gato pode estar morto ou vivo, dependendo de fatos incertos submetidos e do próprio interprete do acontecimento em questão.

O que é o entrelaçamento quântico?

O entrelaçamento ou emaranhamento quântico, portanto, é um acontecimento estudado pela Mecânica Quântica. Sobre essa teoria, dois ou mais objetos, podem estar de alguma maneira conectados que um lado não pode ser observado devidamente sem que o outro lado seja igualmente atingida, ainda que os dois lados estejam localizados em dimensões espaciais distintas.

Sendo assim, mesmo que uma partícula permaneça neste planeta e sua contra face esteja repousada em outra esfera, portanto distantes anos luz uma da outra, se apenas uma for movida para cima e a outra também consequentemente será movimentada na mesma direção simultaneamente, independentemente do tempo em que a luz levar para vagar de um lugar para o outro. Esse acontecimento é conhecido como “tele transporte quântico”.

É a essa potente ligação entre determinados objetos que os cientistas se referem quando dizem que se realizam intensas interações sobre as virtudes materiais dos diversos subsistemas que se encolhem. Desta maneira, por mais distantes que os sistemas se encontrem uns dos outros, se eles estão entrelaçados haverá sempre alguma ascendência a se permanecer entre eles.

Os dados estão sendo transmitidos entre os sistemas por meio das várias condições de emaranhamento que se ligam a um tradicional meio de informação, o tele transporte quântico. Através desse recurso é possível o transporte de informações – spin ou polarização, jamais fluidos energéticos os corpos materiais – por meios quânticos, à revelia do aproveitamento de vias comunicativas.

Como acontece?

Existem algumas conclusões distintas sobre o que realmente acontece na dinâmica do emaranhamento quântico. Estas diversas visões sobre o que se passa neste processo geram as diferentes vias de compreensão que compõem a mecânica quântica.

Essa teoria do entrelaçamento quântico suportava diversas inovações tecnológicas recentes, tais como a computação quântica, a criptografia quântica e os experimentos com teletransporte quântico.

O entrelaçamento quântico para além da física

Por um outro lado, ela alimenta algumas das teorias especulativas e filosóficas mais desconcertantes, uma vez que as relações mútuas já vistas por esta ciência dizem o contrário as leis do realismo local, segundo as quais cada partícula representa condições bem delineadas, independente de se recorrer a dimensões correlatas remotas.

De acordo com o Princípio da Incerteza de Heisenberg, a ação de estabelecer o ponto espacial em quem é encontrado uma certa partícula sempre se choca com a incerteza presente em tudo e todos. A mesma atitude de observação interfere no fenômeno que se testemunha. O estudo da física quântica transcende ainda mais essa confirmação, levando a Ciência mais adiante no entendimento dos eventos que são estudados pela Teoria do Entrelaçamento.

Atualmente uma equipe da Universidade de Griffith mostrou que esse entrelaçamento não é impossível. Usando uma técnica denominada Homodyne Detection, eles separaram um único fóton entre dois laboratórios e fizeram o teste se sua medição de uma parte mudaria o status da outra. Dessa maneira, eles verificaram o entrelaçamento.

Sendo assim extremamente importante o estudo dessa teoria do entrelaçamento para a melhor compreensão do universo da física quântica, onde todas as teorias são indispensáveis materiais de estudo e conhecimento próprio.


Compartilhe!

Comentar

Clique aqui para postar um comentário