Início » Sem categoria » Abstracionismo: o que foi este movimento artístico?

Abstracionismo: o que foi este movimento artístico?

Compartilhe!

A abstração é um exercício de síntese e resulta de um padrão mental intrínseco ao ser humano. Nas paredes das cavernas de Altamira (Espanha) e Laxcaux (França), encontramos a abstração primitiva, simbólica e esquemática, certamente com o objetivo de comunicar algo de valor.

Contudo, as tribos em muitos dos seus desenhos, não faziam nenhuma referência à realidade. Da mesma forma, o Abstracionismo moderno é um movimento artístico no qual a representação do tema é feita de maneira abstrata e desconstruída, não estando subordinada pela imitação da realidade natural.

Neste movimento o artista utiliza as relações formais entre superfícies, cores e linhas para a criação da obra, seja na dimensão bidimensional ou tridimensional.

Origem do movimento

O movimento abstracionista teve origem durante a primeira metade do século XX, na vanguarda artística europeia da época. Estes artistas rejeitaram a herança renascentista, criando uma ruptura nos moldes tradicionais de produção clássica.

Por causa disso, foi considerada de muito mau gosto pela elite cultural europeia, que preferia ver a representação da realidade nas pinturas e esculturas. O Abstracionismo possui relação com outros movimentos como o Construtivismo, Expressionismo Abstrato, Neoplasticismo e o Suprematismo, que também trabalhavam com a abstração da forma.

Contudo, nestes movimentos os artistas sempre trabalharam com a destruição e reconstrução da forma, a partir de objetos reais, conservando várias das suas características. Já no abstracionismo não há qualquer referência a objetos reais.

Principais artistas

A consolidação do Abstracionismo ocorreu aproximadamente em 1910, através das obras do pintor russo Wassily Kandinsky (1866-1944).

Outros artistas de grande destaque que trabalharam durante o século XX para a consolidação do conceito foram o pintor neerlandês Piet Mondrian (1872-1944), com suas linhas retas e cores vibrantes; o pintor ucraniano Kasimir Malevich (1879-1935), com suas obras voltadas a pureza plástica e geométrica; e o pintor estadunidense Jackson Pollock (1912-1956), com sua técnica de pintura revolucionária para a época, que utilizava o gotejamento de tinta sobre a tela.

Outros artistas do movimento abstracionista foram:

  • Paul Klee (1879-1940): artista suíço
  • Willem de Kooning (1904-1997): pintor neerlandês
  • Robert Delaunay (1885-1941): artista francês
  • Hans Hartung (1904-1989): pintor alemão
  • Pierre Soulages (1919): pintor e escultor francês
  • Jean Fautrier (1898-1964): pintor e escultor francês
  • Jean Dubuffet (1901-1985): pintor francês
  • Antoni Tàpies (1923-2012): pintor catalão

Vertentes do Abstracionismo

O Abstracionismo pode ser classificado conforme suas características, em duas vertentes principais:

  • Abstracionismo Lírico: Também conhecido como “Informal”, essa vertente foiuma reação à Primeira Guerra Mundial. Influenciado pelo expressionismo, o artista inspirava-se no instinto e na intuição. Nesta forma de abstracionismo fica evidente o jogo de formas orgânicas, compostas por cores vibrantes e a linha de contorno bem marcadas.
  • Abstracionismo Geométrico: Foi fortemente influenciado pelo cubismo e o futurismo. Essa vertente está pautada na geometria das formas e no racionalismo, através da racionalização. Para desenvolver o trabalho, o artista necessita desenvolver uma análise intelectual e científica sobre o tema proposto.

No Brasil

As primeiras manifestações do Abstracionismo no Brasil ocorreram durante a década de 40. Este movimento ganhou força no Brasil com a influência da vanguarda europeia. Contudo, para a consolidação do movimento em território nacional, foi fundamental a abertura de novos museus e a realização das primeiras bienais em 1951 e em 1953.

Neste processo, houve também a influência de artistas e críticos de arte, em prol do movimento como Maldonado, Max Bill e Romero Brest. Em 1950, em São Paulo, o pintor moldávico Samson Flexor (1907 – 1971) criou o atelier Abstração, com o propósito de ensinar e difundir artes plásticas dentro conforme o conceito abstracionista. Dentre os maiores representantes do abstracionismo no Brasil, podemos destacar:

 

  • Alfredo Volpi (1896-1988)
  • Ivan Serpa (1923-1973)
  • Cícero Dias (1907-2003)
  • Luiz Sacilotto (1924-2003)
  • Antônio Bandeira (1922-1967)
  • Manabu Mabe (1924-1997)
  • Tomie Ohtake (1913-2015)
  • LygiaClark (1920-1988)
  • Hélio Oiticica (1937-1980)
  • Iberê Camargo (1914-1994)

Compartilhe!

Comentar

Clique aqui para postar um comentário