Início » Vida de estudante » Brainly: conheça a ferramenta

Brainly: conheça a ferramenta

Compartilhe!

Uma das ferramentas que os alunos da era digital mais utilizam hoje em dia é o Brainly. Se você já teve uma dúvida cruel ou uma tarefa na qual precisava de ajuda para resolver, talvez já tenha acessado um link do Brainly. Porém, se você ainda não conhece esse recurso, já passou da hora de conhecê-lo e utilizá-lo para incrementar os seus estudos.

Assim, vamos responder a algumas perguntas básicas. O que é o Brainly? Para que ele serve e como ele funciona? Como fazer para participar? Existe alguma exigência? Quais as principais vantagens que um aluno tem ao fazer parte do Brainly? Enfim, todas essas perguntas vão levar a um maior esclarecimento sobre a ferramenta.

O que é?

Em primeiro lugar, temos que destacar que o Brainly é uma empresa de tecnologia voltada à educação fundada em 2009 na Polônia. Seus fundadores, Michal Borkowski (atual CEO), Tomasz Kraus e Łukasz Haluch, tinham por objetivo conectar usuários em uma rede de ajuda mútua e troca de conhecimentos. De início, o Brainly chamava-se Zadane.pl, e limitava-se à Polônia.

A partir de 2011, a empresa começou a se expandir internacionalmente, primeiro com uma plataforma para usuários russos, e chegando ao Brasil em 2012 já com o nome de Brainly. Hoje, o Brainly conta com 13 variantes linguísticas e está presente em 35 países ao redor do mundo. Segundo dados, a empresa conta com a visita de mais de 40 milhões de usuários únicos mensais.

Como funciona?

A maneira de usar o Brainly é bastante simples. Como dissemos, a plataforma digital funciona como uma rede social, na qual perguntas encontram suas respectivas respostas. Após se cadastrar, o usuário recebe uma quantidade inicial de pontos, e conforme for usando e interagindo com a rede e os outros usuários, sua pontuação aumenta.

O Brainly apresenta diversas matérias sobre as quais as perguntas são feitas. Além disso, as perguntas são classificadas em 3 níveis: ensino fundamental, ensino médio, e ensino superior. A plataforma funciona por meio de um sistema de gamificação. Isso quer dizer que para formular perguntas você paga uma quantidade de pontos, e ao responder perguntas dos outros você ganha mais pontos para si.

Além disso, a plataforma conta com desafios que estimulam o usuário a se engajar nas atividades do site, bem como um ranking que elenca os melhores usuários.

Quem pode participar?

Como citamos anteriormente, o Brainly é uma plataforma que visa a troca de conhecimentos entre os usuários. Nesse sentido, qualquer um que deseje sanar suas dúvidas e compartilhar um pouco do seu conhecimento pode se inscrever. A participação é gratuita, e o cadastro é bem simples, podendo ser feito através de uma conta do Facebook.

Apesar da facilidade e liberdade de participação, o serviço é monitorado pelos chamados Moderadores. Estes, podem ser agentes da administração da plataforma, bem como usuários que avaliam o conteúdo postado no site. Além disso, a política de privacidade do sistema prevê uma série de regras que devem ser observadas e respeitadas pelos usuários no momento de publicação de conteúdo no Brainly.

Quais as maiores vantagens?

O tipo de sistema que o Brainly oferece tem suas vantagens, mas não é novidade de forma alguma. Vários serviços de pergunta e respostas já surgiram, prosperaram e perderam seus usuários com o passar do tempo, como é o caso do Yahoo Respostas. Em parte, temos que destacar que uma das maiores vantagens é a rapidez com que as perguntas encontram respostas: geralmente menos de 10 minutos!

Toda a mecânica da plataforma também é muito interessante, sendo algo que envolve o usuário, e torna a tarefa de responder perguntas algo divertido. Contudo, sua principal desvantagem é a mesma dos demais serviços de pergunta e resposta: a confiabilidade das respostas, uma vez que os redatores são pessoas comuns. Apesar disso, não há dúvida que é uma ferramenta muito interessante para estudar e aprender.


Compartilhe!

Comentar

Clique aqui para postar um comentário