Início » Biologia » Cintura Pélvica: o que é? Para que serve?

Cintura Pélvica: o que é? Para que serve?

Compartilhe!

A cintura pélvica é uma estrutura corporal em formato anelar, localizada na parte inferior do tronco. Ela conecta o esqueleto axial os membros inferiores. A cintura pélvica é formada por uma série de estruturas da pélvis.

A compreensão adequada de sua formação no corpo, bem como o desenvolvimento da cintura, vai além de questões anatômicas. Ela está diretamente relacionada à capacidade de movimentação e realização de movimentos equilibrados. Além disso, está ligada até mesmo a questões reprodutivas, por inclui parte das estruturas necessárias para o desenvolvimento e nascimento.

Entenda quais são estas partes, suas funções e importância na anatomia:

O que é a cintura pélvica?

A cintura pélvica é toda a estrutura óssea e de ligamentos, juntas e articulações presentes na região popular interpretada como “linha de cintura”. Ela fica na porção inferior do tronco, e realiza a conexão entre a metade superior do corpo e os membros inferiores.

Por isso, possui um papel fundamental de estabilização e locomoção, sendo central na capacidade de controle corporal. Além disso, a cintura pélvica possui funções secundárias na questão reprodutiva, uma vez que homens e mulheres apresentam estrutura óssea um pouco diferente no quadril, que faz parte desta porção do corpo.

A estrutura da cintura pélvica

A parte óssea da pélvis consiste nos dois ossos do quadril, sacro e cóccix. Há, além disso, articulações essenciais na região: duas articulações sacrilíacas, articulações entre os dois ossos do quadril e articulação com o púbis.

Além disso, há ligações laterais entre o sacro e a parte óssea da pélvis para auxilia na estabilidade, assim como juntas.

Qual a importância da cintura pélvica?

Um cintura pélvica – e, em especial, a pélvis – rígida e saudável é necessárias para uma série de atividades extremamente importantes no corpo humano. Entre estas funções, destacam-se:

  • Garante uma forma de ligação e conexão entre vários músculos e ligamentos essencial para o processo de locomoção;
  • Auxilia na contenção e proteção das chamadas vísceras pélvicas, na porção inferior do tronco humano;
  • Auxilia na transferência de peso da parte superior do corpo para a parte inferior durante o movimento, tornando o equilíbrio e a facilidade do movimento maiores;
  • Possui papel importante no processo reprodutivo, especialmente no ciclo de gestação e no momento de dar à luz. Quando se ouve que “mulheres possuem o quadril propenso para o desenvolvimento de um bebê”, é exatamente sobre isso que o senso comum busca falar. Há uma maior abertura entre as estruturas ósseas nesta região no corpo feminino;

Cuidados e desgaste ao longo da vida

Uma questão comumente abordada a respeito da cintura pélvica e da pélvis propriamente dita é relacionada ao fato de que essa é uma parte do comum que desgasta-se com certa facilidade. Tanto em relação às estruturas nervosas e musculares – como ligamentos rompidos por esforço físico – quanto desgastes ósseos são altamente propensos ao desenvolvimento de dores que, dependendo de sua gravidade, podem até mesmo impedir a pessoa de caminhar normalmente ou ficar em pé por longos períodos.

Na medicina atual, são realizados tratamentos preventivos ou de redução do agravamento e, em casos de desgaste extremo, intervenções cirúrgicas que chegam a incluir a substituição de estruturas ósseas completas por próteses.


Compartilhe!

Comentar

Clique aqui para postar um comentário