Início » Ciência » Computação quântica: o que significa?

Computação quântica: o que significa?

Compartilhe!

As últimas décadas foram marcadas por um intenso desenvolvimento nas tecnologias relacionadas à computação, e a computação quântica não é uma exceção. Dez anos atrás se dizia que a capacidade de processamento dos computadores dobraria a cada 24 meses, porém atualmente é seguro dizer que este período diminuiu para 6 meses.

Essa previsão é conhecida como Lei de Moore em homenagem ao cientista que primeiro fez a previsão. Uma peça importante do funcionamento e da capacidade dos computadores são os transistores. É através deles que o processador realiza cálculos. As empresas que lideram o mercado lançam a cada ano processadores mais velozes, outra faceta da modernização é a diminuição no tamanho de cada componente.

Entenda como funciona o mundo da computação quântica, e qual é a aposta da evolução da tecnologia para os próximos anos:

Mundo subatômico

Poucos sabem, mas as leis da física como as conhecemos não se aplicam a objetos menores do que átomos. Quando lidamos com este mundo de processos subatômicos, medimos as trocas de energia (ganho ou perda) em unidades semelhantes a pequenas partículas chamadas quantum, ou conjuntos de partículas chamadas quanta.

Cada tipo de energia quantum funciona e tem um nome diferente. Por exemplo o fóton, que é a menor porção possível de energia luminosa. Logo, o fóton é um quantum de energia luminosa.

Além disso, em seu estado subatômico, as partículas assumem diversos estados diferentes, deixando para o observador a tarefa de determinar seu estado.

Hoje em dia, os computadores comuns estão presos às regras da física usual. Estes computadores trabalham de modo que todos os seus processos se encaixam em dois estados, que são representados pelos símbolos binários 0 e 1. Enquanto cada algarismo do sistema binário recebe o nome de bit e tem um valor fixo, num computador quântico estes valores podem ser fracionados infinitamente, os assim chamados qubits poderiam representar 0 ou 1, ou até mesmo um único qubit poderia ser 1 e 0 simultaneamente, mesmo com os usos mais básicos um computador quântico teria uma capacidade de processamento várias vezes superior ao de um computador binário.

Afinal, o que é computação quântica?

Computação quântica, para tentar explicar de forma relativamente precisa e simples, é a ciência que estuda formas de criar processamento computacional através de regras de física quântica

Suas aplicações têm utilidade em diversas áreas, como por exemplo a segurança. Atualmente, uma vez que uma mensagem é enviada entre um computador e outro não existe forma de modificar esta mensagem antes que a mesma chegue ao destinatário, de modo que se um hacker estiver observando a mensagem não existe oportunidade para que um dos computadores possa interferir em sua ação.

Aplicando a mesma situação a dois computadores quânticos, a mensagem levaria junto instruções para como agir no caso de ação de um observador não autorizado. Estas instruções podem ser desde uma modificação na mensagem até um ataque contra o banco de dados do invasor.

A este processo, dá-se o nome de criptografia quântica, e não só já existe como é usado em sistemas bancários em países como a Áustria, tornando mais seguras as informações dos clientes destes bancos.

Computador quântico

Quanto ao computador quântico em si, não existem provas de que ele já tenha sido alguma vez construído, embora a empresa D-Wave com base no Canadá, afirme já ter produzido um protótipo funcional. No entanto, os especialistas declararam após analisar o protótipo que não o consideravam como um verdadeiro computador quântico, uma vez que o processo de física quântica não é utilizado em seu funcionamento interno, mas sim externamente para manter as temperaturas do computador próximas ao ideal.

Embora o desempenho desta máquina seja ligeiramente superior aos dispositivos disponíveis no mercado, ele não tem nenhum destaque ou avanço significativo em seus processos.


Compartilhe!

Comentar

Clique aqui para postar um comentário