Início » Biologia » Conheça os músculos da face

Conheça os músculos da face

Compartilhe!

Os músculos da face, assim como todos os outros do corpo humano consistem em não mais do que tendões e tecido muscular. Assim como em toda a anatomia geral, os tecidos musculares são aqueles propriamente cárneos, que apresentam capacidade contrátil, enquanto os tendões focam na resistência ao realizar a ligação com o osso e não são contráteis.

Os músculos da face propriamente ditos apresentam uma série de funções distintas, embora seu funcionamento básico diga respeito à contração. Por isso, separa-se este conjunto muscular em diversos grupos diferentes, como músculos de expressão, de mastigação, temporal e etc.

Alguns destes grupos são formados por uma enorme quantidade de músculos, enquanto outros apresentam menos estruturas. Conheça os principais músculos da face, suas funções e nomes:

Músculos da expressão facial

Apesar do nome indicar sua relação com as expressões, este grupo de músculos apresenta toda uma série de funcionalidades adicionais. São necessários, por exemplo, para a alimentação e a fala, além de estarem relacionados ao piscar dos olhos.

Há mais de uma dezenas de músculos da expressão facial diretamente relacionados com a boca, além de músculos nasais, músculos na região do pescoço, como a platisma, e músculos na região da órbita do olho, como o orbicular.

É por isso que mencionar este grupo muscular como simplesmente relacionados às expressões é, em certa medida, diminuir as ações efetivamente realizadas pelo conjunto. Eles atuam desde as partes mais inferiores do rosto, até acima o redor dos olhos.

Músculos da mastigação

Neste caso, ao contrário do exemplo anterior, o nome faz jus à ação do grupo muscular. Os músculos da mastigação dividem-se em quatro, sendo três deles chamados de elevadores, e um deles chamado de protrusor.

Entre os músculos elevadores, estão o músculo masseter, o temporal e o pterigoideo medial. O músculo masseter confere potência à mandíbula no movimento de elevação dela. O temporal, por sua vez, é mais relacionado à garantia de movimentação e destreza da mandíbula. Já o pterigoideo medial aproxima-se da função do masseter, garantindo força à mandíbula, mas agindo em região diferente e com potência menor.

Já no caso do músculo protrusor, o pterigoideo lateral, a função é a realização dos movimentos não realizador pelos outros músculos. É mais curto que os outros três, e é relacionado a movimentos de protrusão, ou seja, horizontalmente deslocado, em uma análise de perfil.

Músculos supra-hioideos

Como o próprio nome indica, estes músculos da face reúnem o osso hioideo com o crânio. Em sua maioria, são diretamente ligados à mandíbula, de forma que realizem sua função de maneira mais eficiente. Suas ações consistem nas ações de abaixar a mandíbula e aos movimentos de retrusão.

São, também, quatro pares musculares – digástrico, estilo-hioideo, milo-hioideo e genio-hioideo. Todos eles atuam de forma conjunta nos movimentos inversões à protrusão (retrusão), assim como na ação de baixar a mandíbula em relação ao crânio.

Músculos infra-hioideos

Estes músculos da face também são caracterizados em um grupo de quatro. Sua localização é entre a mandíbula e o tórax, o que leva a algumas discussões sobre o fato de realmente fazerem parte dos músculos da face.


Compartilhe!

Comentar

Clique aqui para postar um comentário