Início » Biologia » Couro ecológico: o que é?

Couro ecológico: o que é?

Compartilhe!

O nome couro ecológico é cada vez mais referenciado no mundo da moda, como uma alternativa ao couro tradicional, altamente poluente. O que nem todas as pessoas sabem, no entanto, o que é de fato este produto cada vez mais utilizado nos processos de fabricação de vestuário, acessórios e objetos.

O couro ecológico, diferentemente de sua variante sintética, é produzido a partir do couro animal. Isso significa que não se trata de um produto criado, mas de couro verdadeiramente extraído dos animais, passando por um processo menos nocivo e menos poluente de tratamento para a utilização.

O processo de cura de um couro tradicional é extremamente nocivo ao meio ambiente, recorrendo a uma enorme quantidade de produtos químicos, além de incluir uma enorme quantidade de produtos químicos.

É por isso que opções, como o couro ecológico são interessantes para o mercado, além de apresentarem vantagens à rejeitada opção sintética. Entenda o que é o couro ecológico, suas características e diferenças em relação a outras opções do mercado:

Couro ecológico versus couro legítimo

Apesar de extremamente valorizado no mercado e esteticamente apreciado, o couro legítimo é verdadeiramente problemático no que diz respeito à ecologia. Seu processo exigem, além da pele animal, uma série de produtos químicos nocivos para o meio ambiente.

Um destes produtos, para que se possa ter uma ideia, é o cromo – um metal pesado extremamente problemático quando em contato com a natureza. Este componente e cerca de quase uma centena de produtos adicionais são utilizados para que o couro seja curtido de maneira apropriada, atingindo todo seu valor potencial. Isso gera, obviamente, um enorme dano à natureza.

No caso do couro ecológico, a pele animal também é utilizada. A diferença está no tipo de produto que é utilizado para o tratamento desta pele. São utilizadas soluções principalmente de base vegetal, além de procedimentos que permitem o consumo muito menor de água – outro problema do processo mais tradicional de tratamento.

E o couro sintético?

O couro sintético também é uma alternativa à produção tradicional do material. A diferença, no entanto, está no fato de que não há pele animal neste tipo de material. Ele é sinteticamente desenvolvido com poliéster, poliuretano e, sobretudo, um produto chamado policloreto vinílico.

O problema em sua produção está no fato de que os produtos sintéticos que utiliza – embora não exijam tratamento químico da pele – são igualmente poluentes, utilizando-se de extração de petróleo, além do tratamento do óleo em novos materiais.

Por isso, em um sentido ecológico, o couro sintético não encontra-se em uma posição muito mais confortável que a versão tradicional, além de apresentar menor qualidade, na maior parte dos casos.

Couro Ecológico é considerado couro natural?

Sim. Designa-se couro ecológico todo o couro que for produzido exclusivamente da pele animal – que é o critério legalmente utilizado no Brasil para nomear produtos de couro. Sua diferença está na forma como o couro é tratado para uso comercial – neste caso, não há nenhum impedimento em seu tratamento como couro, propriamente dito.

É importante, no entanto, não confundir este produto com a versão sintética. O couro sintético, por não ser baseado na pele animal, não pode ser considerado como tal, diferentemente do ecológico.


Compartilhe!

Comentar

Clique aqui para postar um comentário