Início » Português » Gramática » Ortografia » Desmistificar ou desmitificar: Qual o certo?

Desmistificar ou desmitificar: Qual o certo?

Compartilhe!

Muitas palavras na língua portuguesa possuem a pronúncia muito parecida e podem inclusive confundir as pessoas na hora de escolher qual usar. Muitas delas, inclusive, possuem um significado muito parecido, aumentando ainda mais a confusão.

Um bom exemplo dessa situação são as palavras desmistificar ou desmitificar, que possuem pronúncia e também significados semelhantes. Afinal, é desmistificar ou desmitificar? Percebe-se que em relação à escrita, a única distinção entre as duas palavras é a inclusão de um “s” em desmistificar.

Apesar de serem muito parecidas, essas palavras possuem algumas peculiaridades que as tornam únicas. Por isso, compreender a origem e significado de cada uma é essencial para não se perguntar mais: desmistificar ou desmitificar?

Origem

Antes de começar a entender o significado e usos de cada palavra, é importante saber que ambas possuem o mesmo processo de formação. Isso significa que ambas as palavras passaram por um processo de derivação prefixal.

Tanto desmistificar quanto desmitificar foram criadas a partir do uso de um prefixo, o prefixo “des-“. Esse prefixo é utilizado para indicar que uma ação está sendo desfeita, por exemplo, quando vamos desfazer algo ou uma situação.

Ao compreender que a base das duas palavras é a expressão desfazer, ficará ainda mais fácil entender em que situação deve se utilizar cada palavra. Aprenda abaixo em que situações utilizar desmistificar ou desmitificar.

Significado de desmistificar

Desmistificar é uma palavra utilizada para se referir à perda do significado místico, misterioso ou enganoso de algo ou alguém. Refere-se a situações em que o erro ou mito sobre uma pessoa ou objeto foi descoberto e, consequentemente, retirado.

A origem da palavra está na expressão “mistificar”, que pode ser interpretada como uma tentativa de enganar ou de criar mitos enganosos sobre algo ou alguém. Assim, desmistificar pode ser compreendido como o oposto, ou seja, como desenganar, desmascarar o mito criado.

Portanto, a união do prefixo “des-“ com a expressão “mistificar” resultou em desmistificar, ou seja, em desfazer mentiras, enganações, mitos, erros, etc.

Significado de desmitificar

desmitificar está intimamente relacionado à ideia de mitos e lendas, possuindo sua origem na palavra “mito”. Desmitificar significa retirar o mito ou a ideia de lenda de uma história, por exemplo, retirando a imagem de lenda de uma pessoa ou personagem.

Assim, é possível perceber facilmente que a formação da palavra surgiu da união do prefixo “des-“ e da palavra mito, resultando na expressão desmitificar. Quando se deseja retirar o caráter de mito, fantasia, lenda ou irrealidade de uma pessoa ou situação, deve-se utilizar essa expressão.

É muito utilizada para expressar a ideia de que uma pessoa histórica perdeu sua imagem de lenda ou mito histórico. Ou seja, quando por algum motivo, com o passar do tempo, uma pessoa deixou de ser vista como uma lenda histórica pela sociedade.

Qual o correto? Desmistificar ou Desmitificar?

Como foi possível perceber, embora muitas pessoas tenham dúvidas sobre essas palavras, não existe certo ou errado nesse caso. Ambas as palavras são corretas e pertencem ao grande vocabulário da língua portuguesa. Cada uma possui um significado particular e, embora eles sejam muito semelhantes, não podem ser confundidos.

Desmistificar pode ser utilizado, por exemplo, para dizer que uma investigação policial desmistificou empresários que eram enxergados como honestos pela sociedade. Ou seja, foi descoberto que empresários de uma determinada cidade não eram honestos como as pessoas imaginavam.

desmitificar pode ser utilizado, por exemplo, para dizer que muitas pessoas buscam mostrar para a sociedade que gatos pretos não dão má sorte. Ou seja, existem pessoas que buscam retirar o mito ou lenda de que gatos pretos são responsáveis pela má sorte na vida das pessoas.


Compartilhe!

Comentar

Clique aqui para postar um comentário