Início » Português » Gramática » Ortografia » Discriminar ou descriminar: Qual está correto?

Discriminar ou descriminar: Qual está correto?

Compartilhe!

Muitas palavras são escritas de forma muito semelhante, embora possuam significados distintos. Além disso, muitas também são pronunciadas de forma parecida apesar de terem sentidos diferentes. Essa situação ocorre com as chamadas palavras parônimas.

Parônimas são palavras com escrita e pronúncia muito semelhantes, mas que são utilizadas com significados bem diferentes. Esse é o caso de discriminar ou descriminar. Afinal, qual está correto segundo as normas da língua portuguesa? Devo usar discriminar ou descriminar?

Significado de discriminar

Discriminar é uma palavra utilizada para se referir a um ato de diferenciação entre coisas ou pessoas, no sentido de diferenciar ou distinguir. Basicamente, é possível afirmar que discriminar é um sinônimo da palavra diferenciar.

Pode ser usada para estabelecer distinções entre as coisas ou pessoas, muitas vezes com o sentido de separar e segregar um grupo de pessoas de outros. Além disso, também é muito utilizada para especificar ou descrever uma série de coisas, buscando formar uma lista precisa e objetiva.

A sua origem é do latim, da palavra discriminare. A partir desse verbo é possível formar outras tantas palavras muito utilizadas na língua portuguesa, como discriminação, discriminado, entre outras.

Significado de descriminar

descriminar é uma palavra utilizada para se referir a um ato de inocentar ou absolver alguém ou algo de um crime. É utilizada para expressar a ação de retirar a culpa de um crime de uma pessoa ou coisa. Assim, pode ser compreendida como um sinônimo de descriminalizar.

Além disso, a expressão descriminar é formada por meio de um processo prefixal, pois resulta da união do prefixo “des-” com a palavra “incriminar”. Enquanto “incriminar” refere-se a atribuir um crime a algo ou a alguém, descriminar é um ato de declaração de que um indivíduo ou objeto não é mais culpado ou criminoso.

O prefixo “des-” é utilizado para indicar a ideia de oposição, ou seja, de que essa nova palavra é oposta, contrária, distinta da palavra de origem. Esse processo de prefixação dá origem a diversas outras palavras, como descriminação e descriminalizar.

Discriminar ou descriminar? Quando utilizar?

Discriminar ou descriminar? Nenhuma das duas palavras está errada. Ambas as expressões estão corretas e podem ser utilizadas de acordo com as regras da língua padrão portuguesa. O único cuidado é ter muita atenção ao significado de cada uma delas e sempre buscar utilizar cada uma conforme o seu sentido.

Para facilitar ainda mais a compreensão das diferenças no uso de discriminar ou descriminar, confira algumas frases que exemplificam o uso correto e adequado.

Discriminar:

– A discriminação racial é um problema que deve ser combatido sempre.

– Alguns países possuem muita discriminação social.

– Por favor, discrimine os alimentos que estão faltando e que devem ser comprados para o jantar.

– A discriminação dos mosquitos causadores de doenças é fundamental para o combate adequado.

Descriminar:

– Descriminar o uso de drogas no país é uma política que deve ser muito debatida antes de ser colocada em prática.

– O crime de adultério foi descriminado na legislação brasileira.

– O juiz descriminou o acusado.

– Algumas substâncias estrangeiras deveriam ser descriminadas.


Compartilhe!

Comentar

Clique aqui para postar um comentário