Início » Vida de estudante » EJA – Educação de Jovens e Adultos: como funciona?

EJA – Educação de Jovens e Adultos: como funciona?

Compartilhe!

O EJA, também conhecido como Educação de Jovens e Adultos, é um tipo de modalidade de ensino, para todos os níveis da Educação Básica. A modalidade está mais destinada a pessoas, jovens e adultos, que não tiveram a oportunidade de continuar seus estudos, ou para as pessoas que não fizeram o Ensino Médio, ou Fundamental, dentro da idade apropriada.

Segundo a legislação e a Lei de Diretriz e Bases da Educação, diz que o sistema de ensino, deve ser gratuito para jovens e adultos, principalmente para os que não puderam ter acesso aos estudos dentro do período regular. O aluno também tem direito a oportunidades educacionais, de acordo com seus interesses, condições de trabalho e vida, além de exames e cursos.

Cursos e exame de certificação

Dentro do programa EJA, há mais de mil escolas estaduais paulistas, que oferece esse tipo serviço para as pessoas que precisam desse auxílio educacional. Nesse modelo de ensino, está inserido, tanto para o Ensino Fundamental, quanto para o Ensino Médio.

As aulas do Ensino Fundamental são oferecidas para alunos que tem a partir de 15 anos de idade. Já para o Ensino Médio os alunos precisam ter o mínimo de 18 anos para participar dos cursos. São módulos de 6 meses e cada um representa 1 ano do ensino normal. E o curso tem aulas de segunda à sexta-feira e conta com 4 horas por dia.

O papel do professor no EJA

Dentro do programa de Educação para Jovens e Adultos, o papel do professor se destaca, pois além e ensinar, também deve destacar a curiosidade, indagar e a questionar a realidade. Problematizando ou não questões do dia a dia. Mas também há os obstáculos em cima da reflexão que busca entender o processo educativo.

Todo processo educativo, costuma relacionar tanto o âmbito social, quanto com a história de cada pessoa, e por isso, os professores, devem ter habilidades, e conhecimento para desenvolver o papel de educador dentro do programa.

A relação de professor e aluno dentro do EJA é fundamental e deve ser respeitosa, de conscientização e de troca. Portanto, tudo que o professor faz em sala influencia no desenvolvimento do aluno. Afinal a maioria desses alunos da EJA costumam vir de um dia cansativo de trabalho e em alguns casos já estão há muito tempo sem frequentar a escola.

Formação

Os alunos do EJA apresentam uma história e experiências muito diferentes e vasta. No geral, essas pessoas acabam sendo de certa forma excluídas socialmente, devido a diferença e desigualdade escolar. E isso acontece pela idade que o aluno já tem depois de várias reprovações em período diurno e por isso acaba passando para o período da noite.

Em alguns casos, esses jovens ou adultos, se sentem mal com a situação e de com isso, também se excluem. E essa é uma das importâncias da EJA, para evitar a evasão escolar, e dar uma segunda oportunidade para essas pessoas. Ajudando elas a conquistar um espaço na sociedade, e diminuir a desigualdade social.


Compartilhe!

Comentar

Clique aqui para postar um comentário