Início » Física » Físico-química: o que a área estuda?

Físico-química: o que a área estuda?

Compartilhe!

A físico-química surgiu em 1803 com o químico John Dalton, a partir da formulação da teoria atômica, que em 1811 foi atualizada por Avogadro. No ano de 1942, Meyer expôs a primeira lei da termodinâmica que falava sobre a relação entre calor e trabalho. A partir disso, surgiu a segunda lei da termodinâmica onde dizia que, a relação entre calor e trabalho era inadequada ao grau de liberdade das moléculas em um sistema ou entropia. Em 1906, Nernest desenvolveu a terceira lei da termodinâmica, que trabalhava em função das estruturas, da velocidade e das substancias químicas. Após essas descobertas, Carnot aperfeiçoou e adequou a termodinâmica.

A Físico-química se apresenta como uma das matérias mais valiosas para explicar o acontecimento de muitos dos fenômenos observados. Esse é um dos ramos da química que serve para ajudar a observar o comportamento das substancias químicas, tornando assim, útil em todas as ramificações da química.

Mas, o que significa essa tal físico-química?

A físico–química é um dos ramos principais da química que é responsável por estudar os princípios da química, através de fenômenos como as reações químicas.

É uma das disciplinas estudadas na faculdade para quem pretende seguir, por exemplo, o caminho da engenharia química e aborda diversos temas já estudados no ensino fundamental e médio.

A físico–química estuda as propriedades físicas e químicas da matéria, ou seja, tem-se aqui, a presença de duas ciências importantes que são a física e a química e que, quando alinhadas fornecem informações e resultados relevantes.

O que a físico-química estuda?

Existem diversas subdivisões dessa disciplina, podendo ser utilizada da estequiometria até a bioquímica. Acredita-se que um dos ramos mais importantes na físico-química seja o estudo da termodinâmica, já que, ela mostra com exatidão se uma reação pode ou não ocorrer.

Algumas das matérias estudadas nessa disciplina são:

1°) Soluções: essa parte da matéria trabalha com muitos números. É responsável por realizar os cálculos de concentração das soluções química, bem como a diferença de concentração entre elas. Tem grande aplicabilidade em laboratórios e indústrias químicas.

2°) Propriedades Coligativas: essas propriedades servem para explicar diversos fenômenos observados no nosso dia a dia e que não dependem da natureza da matéria e sim, da quantidade de partículas presentes nas soluções.

3°) Termoquímica: é a parte da matéria responsável por estudar as reações químicas e os fenômenos físicos onde esteja presente a troca de energia na forma de calor. Provocando assim, alteração na temperatura ambiente.

4°) Cinética Química: é a parte da matéria responsável por estudar a velocidade das reações químicas;

5°) Equilíbrios Químicos: é a parte da matéria responsável por estudar as reações reversíveis, ou seja, reações que se processam, ao mesmo tempo, nos dois sentidos. Além disso, estuda também a influência dos fatores que interferem nesse tipo das reações.

6°) Eletroquímica: é a parte da química responsável por estudar o aproveitamento prático das reações de oxirredução, ou seja, reações onde ocorre a transferência de elétrons. É aqui que ocorre o estudo de pilhas, baterias e da eletrólise.

Quais os conceitos mais importantes dessa disciplina?

Alguns dos conceitos mais importantes abrangidos na físico-química são o estudo dos gases, a teoria das soluções, o equilíbrio e a cinética química, a eletroquímica, a mecânica quântica, a termodinâmica, as propriedades coligativas, o estudo de colóides e polímeros e a química nuclear.


Compartilhe!

Comentar

Clique aqui para postar um comentário