Início » Filosofia » Impulso: entenda o conceito físico

Impulso: entenda o conceito físico

Compartilhe!

A compreensão do conceito de impulso pressupõe o entendimento da relação entre as forças no mundo físico. A física define que força é toda e qualquer ação que coloque faça um corpo se mover, que modifique a trajetória de movimento de um corpo, a ou força a parar o movimento de um corpo.

Isso levanta a seguinte questão, uma vez que aceitamos que uma força coloque um corpo em movimento então será que o tempo de exposição deste corpo a força gera alguma diferença no movimento.

Essa relação recebe o nome de impulso, ou seja, impulso é uma forma de diretamente relacionar a força com o tempo que ela é aplicada em um corpo e o efeito dessa relação no movimento do dito corpo.

Uma vez que o impulso é uma grandeza relacionada e ao movimento gerado por ela em um corpo, direção, sentido e intensidade são fatores importantes e portanto o impulso é considerado como sendo uma grandeza vetorial.

Como o tempo é sempre representado por um número positivo e não apresenta variação independente da direção em que a força seja aplicada, o impulso vai sempre seguir no mesmo sentido que a força aplicada.

A representação matemática do impulso

Para representar a força aplicada ao longo de um determinado tempo nós podemos usar a representação gráfica: F x T

De forma numérica, a área formada pela F x t é igual ao impulso gerado nesse intervalo Δt. Porém em certos casos, a força pode se apresentar de maneira variável nesse intervalo. Então, a única forma pela qual se pode calcular o impulso recebido pelo objeto é através do cálculo da área formada pelo gráfico.

Quantidade de movimento de um corpo

Suponha que um corpo com massa determinada M e velocidade fixa V se mantém em movimento (seria impossível não se mover, já que tem velocidade) até o momento em que sofre um impacto ao se chocar contra outro objeto (independentemente deste estar ou não em movimento). Podemos seguramente afirmar que a massa dos dois objetos vai ter influência tanto no momento do impacto quanto nas consequências deste.

Dessa forma definimos que a quantidade de movimento de um corpo é a razão entre sua velocidade e sua massa.
Assim como o impulso o movimento é uma grandeza vetorial já que está intimamente relacionado com a velocidade do corpo e a direção em que o corpo se move, bem como ao sentido e a intensidade, e todos estes fatores são importantes para que o movimento possa ser descrito.

Assim sendo a quantidade de movimento deverá apresentar a mesma direção e sentido de velocidade relacionada ao impulso

Assim podemos concluir que uma vez que a força pode ser usada para parar um objeto, mudar a velocidade e a direção de seu movimento a conclusão seria que quando a quantidade de movimento é alterada ao longo do tempo do movimento (mudança de velocidade) isso será devido a uma mudança no impulso que deu força ao movimento.


Compartilhe!

Comentar

Clique aqui para postar um comentário