Início » Física » Lei da Conservação de Energia: o que quer dizer?

Lei da Conservação de Energia: o que quer dizer?

Compartilhe!

A lei da conservação de energia é bastante importante no desenvolvimento de tecnologias que utilizamos ainda hoje. quando em um determinado sistema a energia que ali está permanece constante independente do que ocorra.

Por exemplo, a energia cinética de um movimento horizontal, a energia potencial gravitacional e elástica, ou até mesmo o calor produzido por uma máquina, podendo mudar a forma como a energia está contida, mas irá permanecer a mesma.

Desta maneira, é importante estudar a lei da conservação para a resolução de alguns exercícios de vestibular.

História

Os primeiros indícios de pesquisa para a descoberta da lei de conservação de energia iniciaram com Tales de Mileto, após isso Galileu tomou o rumo de pesquisar sobre, porem em suas pesquisas em nenhum momento mencionou a conservação de energia.

Foi Gottfried Wilhelm Leibniz, que tentou os primeiros experimentos na área da conservação energética. Com o passar do tempo começou a desconfiar-se da conservação de energia feita em um sistema calorífero.

Em 1837, Karl Friedrich Mohr fez uma das primeiras declarações sobre os aspectos gerais do princípio da conservação de energia, explicando que inúmeros elementos químicos podem  ser transformados em qualquer tipo de energia.

O médico alemão Julius Robert von Mayer, em sua viagem para as Índias Orientais, onde descobriu que o sangue dos seres humanos que moravam naqueles locais de maior calor tinha uma cor mais avermelhada pelo menor consumo de oxigênio, consequentemente, de energia.

Julius descobriu uma relação entre calor e o trabalho mecânico. Contudo, em 1843, James Prescott Joule descobriu a relação entre energia e calor, através de seu aparelho, o aparato de Joule, que transformava a energia potencial gravitacional em calor.

Primeira Lei da Termodinâmica

Entropia é uma função que demonstra a quantidade de calor e que mostra a possibilidade da conservação do calor em trabalho.  A primeira lei tem como incógnitas () que é a variação de energia interna de um sistema, (Q) que é a quantidade de energia dada ao sistema no processo de aquecimento e (W) que é a variação de trabalho, a energia normalmente que é perdida.

Desta forma é definida a primeira lei da termodinâmica, como base do entendimento da lei maior.

Mecânica

Na mecânica clássica a conservação se da a partir da energia mecânica, a qual é a soma da energia cinética com a energia potencial gravitacional ou potencial elástica. Normalmente representada por (Em=Ec+Epg).

Para esta questão se tornar verídica é necessário que o sistema possa ser representado sem a variável do tempo ser necessária nos cálculos, a energia cinética é uma função quadrática correlação a sua velocidade e a energia potencial não depende de velocidades, pois ela só se baseia na aceleração da gravidade.

á que estas se conservam em grande parte dos exercícios propostos pelos vestibulares é interessante que saiba a possibilidade que se tem de igualar estas equações entre si. Com o intuito de facilitar a aprendizagem, colocaram-se as referentes fórmulas da energia.

Energia cinética: Ec=m.v2/2

Energia potencial gravitacional: Epg=m.g.h

Energia potencial elástica: Epl: kx2/2

Relatividade

Com a vinda da teoria da relatividade restrita escrita por Albert Einstein, a energia tornou-se um componente. Cada um dos quatro componentes. A energia relativística de uma partícula possui um termo relacionado à sua massa em repouso, além da energia cinética linear.

No limite de energia cinética zero, a energia total da partícula está correlacionada com a sua massa de repouso por meio da famosa equação da teoria da relatividade de Einstein (E = m.c²).

Logo, a lei sobre a conservação da energia na relatividade especial mostrou-se um caso muito importante de uma regra mais amplas, também denominada como a conservação de massa e energia, a conservação da massa-energia, a conservação de energia-momento, a conservação da massa invariante ou apenas referida apenas como conservação da energia.


Compartilhe!

Comentar

Clique aqui para postar um comentário