Início » Matemática » Minuendo e Subtraendo: o que significam?

Minuendo e Subtraendo: o que significam?

Compartilhe!

Na matemática, é comum que as pessoas tenham a falsa impressão de que tudo se trata de números, e que a linguagem e o vocabulário não são relevantes. A verdade, no entanto, é muito diferente, e palavras como minuendo e subtraendo, assim como tantas outras palavras básicas na matemática, mas extremamente específicas, provam isso.

Assim como todas as outras ciências, há todo um conjunto de vocábulos, expressões e uso da linguagem que devem ser plenamente aplicados à matemática. Sem este conjunto de instrumentos, surge uma série de problemas – sendo o especial deles a dificuldade de comunicação.

Para quem faz provas e concursos, por exemplo, não saber o que significa minuendo e subtraendo pode levar garantir um erro em um exercício que muito provavelmente é extremamente fácil. Se você ainda não sabe o que significam minuendo e subtraendo, a boa notícia é que este artigo é especialmente desenvolvido para ensinar isso.

Entenda mais sobre as nomenclaturas minuendo e subtraendo, suas aplicações e atenções especiais que podem ser dadas ao assunto:

Minuendo e subtraendo dentro de uma subtração

Na prática, os termos minuendo e subtraendo fazem parte das nomenclaturas utilizadas em relação às operações de subtração. Na verdade, seus significados são bastante simples: tratam-se dos termos utilizados em uma operação deste tipo.

Subtraendo é o valor a ser diminuído do minuendo. Em outras palavras, chama-se minuendo o valor inicial, que sofrerá a redução de acordo com o valor do subtraendo. Subtraendo, portanto, é o valor a ser “retirado” do minuendo. Outra forma de se colocar esta operação é determinar que:

Minuendo – Subtraendo = Resto (ou Diferença)

Regras gerais dos elementos das subtrações

Considerando-se as regras naturais geralmente aprendidas com os processos de subtração de números naturais, há alguns elementos que devem ser notados. Para a utilização de termos positivos e resultado natural, é necessário que o minuendo seja maior ou igual ao subtraendo, de forma que o resto seja um número positivo ou zero.

A regra, no entanto, não é considerada para situações em que o resultado da operação não precise ser natural. Havendo possibilidade de resultados inteiros, mas negativos, é possível admitir subtraendo maiores que seus minuendos. Nestes casos, a regra dos naturais não é aplicadas.

Exemplos de fixação

Para fixar os termos minuendo e subtraendo, separamos alguns exemplos que auxiliam a exercitar o conteúdo aprendido, através de enunciados simples

Operação de subtração com minuendo equivalente a 10 e subtraendo 5:

10 – 5 = 5

Operação de subtração de resto 40, onde subtraendo corresponde a 10:

X – 10 = 40

Neste caso, teremos que x = 50, portanto: 50 – 10 = 40.


Compartilhe!

Comentar

Clique aqui para postar um comentário