Início » Física » Movimento uniforme: como se manifesta?

Movimento uniforme: como se manifesta?

Compartilhe!

Quando o móvel se desloca com uma velocidade constante, podemos dizer que este móvel está em movimento uniforme. No caso em que ele se desloca com uma velocidade constante em trajetória reta, particularmente, tem-se o movimento retilíneo uniforme.

Existe uma observação importante que, ao se deslocar com determinada velocidade constante, a velocidade instantânea desse corpo será igual a velocidade média, pois não existirá variação da velocidade e nenhum momento de seu percurso.

O que é movimento uniforme?

Se prestarmos atenção aos movimentos que ocorrem ao nosso redor, encontra diversos exemplos de movimentos nos quais a velocidade escalar permanece constante. Uma estrela no céu, as pontas dos ponteiros de um relógio movimentam-se com velocidade escalar constante.

Um paraquedista com o paraquedas aberto por algum tempo cai com uma determinada velocidade praticamente constante. Dizemos que o elétron gira em torno do próton com velocidade escalar constante no modelo simplificado do átomo de Hidrogênio.

Esses movimentos, nos quais a velocidade escalar continua constante, são chamados movimentos uniformes. Sendo assim, movimento uniforme é aquele movimento que contém velocidade escalar constante em qualquer instante o intervalo de tempo. Pode-se dizer ainda que o móvel percorre distâncias similares em intervalos de tempos iguais.

Exemplos de movimento uniforme no nosso cotidiano:

Agora iremos observar alguns exemplos de movimento quase uniforme com variações de velocidade quase imperceptíveis. Pode-se observar alguns exemplos de movimento quase uniforme com variações de velocidade quase imperceptíveis: Uma gota de água escorrendo por um tubo completo de óleo, uma escada rolante, um ladrão descendo por uma haste metálica. Além desses, existem outros movimentos constantes de fato, como é velocidade da luz e da gravidade.

O que caracteriza o movimento uniformemente variado?

Diferente do movimento uniforme, movimento uniformemente variado só ocorre quando a variação de velocidade. Não importa se ela diminui ou se ela aumenta, mas ela precisa necessariamente variar. Entretanto, essa variação de velocidade deve seguir um padrão: ela deve variar de forma constante, uniforme.

Isso quer dizer que no movimento uniformemente variado a velocidade varia, mas a aceleração é constante.

Como todos sabemos, acelerar quer dizer essencialmente variar a velocidade de um certo tempo. Pelo senso comum, diversas pessoas acreditam que aceleração esteja ligada diretamente ao aumento da velocidade, mas isso não é verdade. Acelerar significa variar, seja para diminuir ou para aumentar.

Neste determinado tipo de movimento que estamos estudando, a aceleração da partícula que se move deve ser constante. Por exemplo: se essa aceleração for de 5 m/s, isso não altera. A cada segundo que se passa, objeto deverá variar a sua velocidade 5 m/s, durante todo o percurso.

Vamos observar um exemplo prático: se você fez uma corrida de 3h00 e a cada hora vários sua velocidade em exatamente 0,5 km/h, sem modificar esse valor em momento algum, pode dizer que o seu movimento se encaixa na categoria de uniformemente variado.

Outra forma de pensar nesse tipo de movimento é a seguinte: acontece variações de velocidades iguais em intervalos de tempo iguais. Entendendo esse conceito, você nunca mais errar nada que esteja relacionado ou ligado a isso!

Lembre-se sempre que puder da palavra “uniformemente”, pois ela ajuda a entender que algo deve ser regular, uniforme. Nesse caso, trata-se da aceleração.

Outra dica importante é ter em mente o tipo de unidade utilizada normalmente para este tipo de cálculo. No sistema Internacional de unidades, a velocidade é oferecida oficialmente em metros por segundo, enquanto aceleração aparece em metros por segundo ao quadrado. Preste atenção nisso e faça a conversão sempre que for necessário, pois o uso inadequado das unidades pode fazer com que um cálculo correto se torne um resultado completamente errado.


Compartilhe!

Comentar

Clique aqui para postar um comentário