Início » Sem categoria » Ossos do Pé: qual sua composição

Ossos do Pé: qual sua composição

Compartilhe!

Embora muitas pessoas pensam que trata-se de uma única estrutura, os ossos do pé representam uma enorme e complexa quantidade de pequenas estruturas ósseas divididas em diferentes partes. De forma geral, os ossos do pé estão entre os mecanismos ósseos mais complexos de nosso corpo, junto às mãos.

O pé é o último segmento dos membros inferiores, sendo considerada a quarta parte entre eles. De forma geral, considera-se o pé – assim como as mãos – com três partes maiores e principais. Essas partes são o tarso, o metatarso e os dedos. Cada uma delas, no entanto, conta com várias divisões e características distintas. Conheça cada uma das partes dos ossos do pé, e do que cada uma delas é composta:

Tarso

O tarso é, na prática, uma área formada por um total de sete ossos, em duas “fileiras distintas”. Na parte posterior (traseira) do pé, há o astrágalo, responsável pelas articulações com outros ossos, e o calcâneo – que como o próprio nome indica, forma o calcanhar e é a parte posterior do tarso responsável por tocar o solo. O calcâneo é o osso mais volumoso do Tarso.

Além destes dois, há – ainda – cincos outros ossos. Eles ficam mais “à frente” do pé, em comparação aos outros dois. Em geral, eles possuem função de estabilização e ligação estrutural entre o calcâneo e o astrágalo, sendo dois laterais e três cuneiformes mais à frente.

Metatarso

O metatarso é responsável pela formação estrutural existente entre o tarso e os dedos do pé propriamente ditos. Por isso, são considerados ossos de prolongamento ou transição (não confundir com ligamentos, que possuem outro significado e formação).

Eles são formados por cinco ossos que prolongam-se, em seu fim, os dedos dos pés. Por isso, são denominados de I a V, de acordo com a numeração de cada dedo do pé.

Dedos do pé

Os dedos do pé, ou pedartículos, não são ossos do pé como uma unidade. Cada um dos cinco dedos são compostos por dois ou três ossos. Os pedartículos de números II, III, IV e V (excluindo-se o primeiro dedo – localizado no local equivalente ao polegar das mãos) são todos compostos por três falanges. São as falanges proximal, média e distal, do mais próximo para o mais distante do metatarso.

O primeiro dedo, no entanto, chamado de Hálux, é composto por apenas duas falanges – sendo elas a proximal e a distal. Não há, neste caso, falange média, o que justifica o fato de o primeiro dedo dos pés ter uma capacidade de “curvar-se” a menos do que os outros dedos.


Compartilhe!

Comentar

Clique aqui para postar um comentário