Início » Filosofia » Platão: pensamento e biografia

Platão: pensamento e biografia

Compartilhe!

O filósofo e matemático Platão é um dos mais importantes nomes da filosofia ocidental. Discípulo de Sócrates e professor de Aristóteles, Platão possui uma grande influência em todo o método de pensamento atual, e suas contribuições vão muito além das obras produzidas por ele.

Em seu pensamento, desenvolveu importantes conceitos e questionamentos sobre a política, influenciando fortemente a forma como a as ciências políticas são pensadas. Saiba mais sobre a vida e a obra de Platão, e de que maneiras seu pensamento influenciou a sociedade ao longo dos séculos:

Biografia de Platão

Platão nasceu em 427 a.C., morrendo em 347 a.C., na cidade de Atenas, principal centro cultural e filosófico da Grécia. Cresceu na cidade-estado durante o período chamado atualmente de Período Clássico da Grécia Antiga.

Pouco se sabe sobre suas origens exatas, mas historiadores acreditam que tenha vindo de uma família rica, ou que ao menos algum de seus tios tenha deixado uma herança significativa para ele, ainda quando jovem. Segundo alguns historiadores, teria servido na guerra do Peloponeso, entre Atenas e Esparta no início de sua juventude, o que justificaria parte de seu grande interesse em temas relacionados ao assunto.

Em algum momento de sua vida, Platão passou a conviver com Sócrates, tornando-se seu súdito e aprendendo em alto nível a respeito da filosofia, da arte e dos diversos temas que o pensamento socrático preocupava-se em desenvolver. Sua proximidade com o mestre é demonstrada nos diversos escritos nos quais Platão relata os diálogos de Sócrates com outros pensadores ou em situações diversas de sua vida.

Amplamente inserido no método de pensamento socrático, ele registrou várias das importantes contribuições do filósofo durante suas aulas. Quando Sócrates foi executado sob a acusação de “corrompimento das mentes jovens e não reconhecimento dos deuses”, Platão exilou-se de Atenas durante doze anos.

Exílio e desenvolvimento

Durante o período de exílio, Platão viajou ao redor do Mediterrâneo, visitando a Itália, o Egito e boa parte do norte africano. Estudou diversas ciências, incluindo a matemática e a filosofia, onde seguiria boa parte de seus estudos.

Foi durante o período das viagens que Platão desenvolveu seu método de apresentar argumentos e ideias distintos para uma mesma discussão: o diálogo. Nestes diálogos, diferentes pontos de vista poderiam ser trabalhados através de personagens distintos.

Em muitos deles, Sócrates era um personagem presente – quase sempre, o personagem principal. Acredita-se que boa parte destes diálogos reflitam os verdadeiros argumentos utilizados por Sócrates em certas ocasiões, enquanto outros simplesmente o colocam como um personagem para determinada discussão.

Entre os escritos que provavelmente retratam Sócrates em uma situação real, os mais conhecidos são aqueles que tratam de seus dias finais, incluindo sua defesa e seus últimos momentos antes da execução por envenenamento.

Obras e contribuições

Entre os livros mais importantes de Platão, “A República” é o mais conhecido e, provavelmente, um dos mais relevantes de toda a filosofia ocidental. Nele, há profundas discussões sobre justiça e felicidade – novamente com a participação de Sócrates como principal participante do diálogo.

Em torno dos 40 anos, Platão retorna a Atenas e abre sua própria escola, que torna-se um dos maiores centros de conhecimento, estudando sobre matemática, astronomia, biologia e filosofia. Até mesmo Aristóteles foi seu aluno durante 20 anos para desenvolver-se, chegando lá aos 17 anos, saindo apenas após a morte de Platão.

Em sua escola, o filósofo gerou conhecimento por cerca de mais quarenta anos, quando morreu – em 347 antes da era comum – aos oitenta anos. Não se sabe exatamente quais as causas de sua morte, embora seja um consenso que tenha morrido durante o sono.

Atualmente, mais de dois milênios após sua morte, o pensamento platônico segue como uma forte influência em uma série de elementos sociais, que vão desde o desenvolvimento da lógica, até pensamentos sobre política e poder.


Compartilhe!

Comentar

Clique aqui para postar um comentário