Início » Física » Pressão hidráulica: entenda o princípio de Pascal

Pressão hidráulica: entenda o princípio de Pascal

Compartilhe!

A pressão hidráulica, que foi desenvolvida através de um princípio de Pascal, é um tema razoavelmente simples, desde que entendidos os princípios básicos propostos pelo pensador. Saiba mais sobre a obra de Pascal e entenda as noções de pressão hidráulica baseadas em sua contribuição:

Quem foi Pascal?

Blaise Pascal, ou apenas Pascal, foi um importante pesquisador, matemático, filósofo, físico teólogo e escritor francês. Uma de suas frases mais célebres é: “o coração tem razões que a própria razão se desconhece “.

Nascido na cidade francesa de Clermont Em 19 de junho de 1623, Pascal perdeu sua mãe muito jovem, e com isso, seu pai, um professor de matemática foi importante tutor pareceu grande desenvolvimento, sobretudo na área das exatas.

Conforme o passar do tempo, Pascal demonstrou interesse pelas áreas da matemática, física e filosofia, e foi na capital francesa que começou a se aprofundar me sistemas. Dessa forma, Pascal começa a publicar diversas obras nas áreas de interesse. De suas obras destacam-se: ensaio sobre sessões cônicas, pensamentos e tratados sobre o equilíbrio dos líquidos no ramo da física.

Além disso, foi atribuída a ele a invenção da primeira máquina mecânica de calcular, denominada de pascalina. Faleceu em paris em 19 de agosto de 1662, vítima de um câncer.

Contribuições filosóficas

Crítico do racionalismo, vertente filosófica baseada na razão, em sua obra intitulada “pensamentos” Pascal apresenta suas principais indagações por volta da existência de um Deus baseado no racionalismo.

Conforme filósofo, ser humano seria impotente de desvendar os mistérios do divino, sendo assim, relaciona seus estudos na busca da verdade, bem como na tragédia humana.

Pascal também contribuiu profundamente para evolução dos estudos de matemática, principalmente da geometria. Ele Brasil suas pesquisas nas ideias de Euclides de Alexandria, um dos mais importantes matemáticos gregos, considerado o pai da geometria. Foi assim que Pascal formulou o famoso teorema de Pascal, publicado em 1640 a obra ensaio sobre sessões cônicas, um tratado sobre suas proposições matemáticas e física.

Princípio de Pascal

No ramo da física, Pascal desenvolveu uma teoria denominada de princípio de Pascal expressa pelo enunciado:

“O acréscimo de pressão produzido no líquido equilíbrio transmitisse integralmente a todos os pontos ao líquido.”

Em sua homenagem e contribuições no campo da física, a unidade padrão de pressão e tensão no sistema Internacional de unidades é denominada de Pascal (Pá).

O princípio de Pascal é uma lei da hidrostática que envolve a variação de pressão hidráulica no fluido equilíbrio.

Quando aplicamos uma força a um determinado líquido, a pressão causada se distribui integralmente e igualmente em todas as direções e sentidos.

Prensa hidráulica

Uma das principais aplicações do teorema de Pascal é a premissa hidráulica que esta máquina consiste em dois cilindros de raios diferentes A e B, interligados por um tubo, no seu interior contém um líquido que sustenta dois êmbolos de áreas diferentes.

Ser aplicados uma força de intensidade F no êmbolo de área s1 e s2, exercemos um acréscimo de pressão sobre líquido. Pelo teorema de Pascal, sabe-se que este acréscimo de pressão será transmitido integralmente a todos os pontos do líquido, inclusive a um êmbolo de área S1, porém transmitindo uma força diferente da aplicada.

Da mesma maneira como os copos sólidos, assumidos também exerce pressão sobre outros, devido ao seu peso. Para obter irmos a sua pressão, consideramos um lugar contendo um líquido de densidade de que ocupa o recipiente até uma altura H, em um local do planeta onde aceleração da gravidade será igual a G

Como acréscimo de pressão é similar ambas as versões elas poderão ser igualadas. Sendo assim, podemos afirmar com total certeza a importância do estudo da criação do princípio de Pascal sobre a pressão hidráulica. Entender a origem de suas aplicações torna a compreensão da própria matéria muito mais fácil!


Compartilhe!

Comentar

Clique aqui para postar um comentário