Início » Matemática » Probabilidade: conceito e usos

Probabilidade: conceito e usos

Compartilhe!

Probabilidade é o nome dado ao conceito  de obtenção de resultados possíveis dentro de uma certa ocorrência. Com a quantidade correta de variáveis, por exemplo, pode-se calcular qualquer coisa, desde a probabilidade de chuvas em um certo dia do ano, até a probabilidade de uma casca de banana causar uma queda quando você passar sobre ela.

Embora muitos alunos tenham um pouco de dificuldade de compreender o que é a probabilidade, trata-se de um conceito razoavelmente simples, que não gera nenhuma complicação para sua compreensão correta.

Entenda o que é este conceito, seus usos e importância na matemática:

Qual o conceito de probabilidade?

O termo, por definição, é a possibilidade de determinadas ocorrências acontecerem em um experimento  aleatório. Significa dizer, que a probabilidade calcula as chances de que algo ocorre em certa circunstância.

O cálculo do que é provável em certa situação é muito interessante na matemática, pois utiliza-se de uma série de conceitos adicionais para que possa ocorrer. Além disso, exige alguns exercícios de lógica que vão além da matemática pura, no que diz respeito à correta compreensão de seus termos.

Conceitos da probabilidade

Existem alguns conceitos típicos deste cenário que precisam ser conhecidos para que se entenda a probabilidade de forma plena. Em primeiro lugar, é necessário compreender o conceito de experimento aleatório, ou evento aleatório. É o nome dado a uma circunstância que pode terminar em resultados distintos a cada vez que ocorre.

Antes que um experimento aleatório aconteça, é impossível determinar qual será seu resultado. É possível determinar, no entanto, as chances de que uma ou outra situação aconteça. O evento ou experimento aleatório é, portanto, o cenário no qual a probabilidade é calculada.

Pensando-se em um evento aleatório de lance de dados, por exemplo, não se pode predizer qual será o número de face resultante do lançamento. É possível determinar, no entanto, que cada um dos seis lados do dado possui 1/6 chances de cair com a face virada para cima, antes de seu lançamento.

Outro conceito importante é o espaço amostral. Geralmente representado pela letra S, ele corresponde à quantidade de resultados possíveis dentro de um certo evento aleatório. O espaço amostral de uma lançamento de dados de seis faces, por exemplo, é seis, considerando que estes são seus resultados possíveis. Quando um destes resultados consolida-se, ele se torna um evento.

Como a probabilidade é calculada?

Considerando-se um evento aleatório com chances igualmente prováveis, como o lançamento de um dado não viciado, o cálculo de probabilidade de um certo evento é realizado pela divisão do número de eventos favoráveis e o número total de resultados possíveis.

Isso significa que probabilidade corresponde à quantidade de eventos aleatórios iguais dividida pela quantidade de resultados igualmente possíveis, ou espaço amostral.

Pode-se considerar, ainda, uma série de outras situações mais complexas, como a análise combinada. Imagine, por exemplo, que um certo dado é viciado. Isso significa que uma da suas faces é mais pesada que a outras, fazendo com que seu lado oposto tenha mais chances de cair virado para cima. Neste caso, não se pode atribuir 1/6 de chances para que cada face resulte do lançamento, e os cálculos tornam-se mais complexos.

A estes casos, é atribuído um espaço de estudo específico, uma vez que exige mais espaço do que a simples introdução à probabilidade.


Compartilhe!

Comentar

Clique aqui para postar um comentário