Início » Física » A profissão de físico: saiba tudo sobre a carreira

A profissão de físico: saiba tudo sobre a carreira

Compartilhe!

A física é uma das matérias que mais incomodam os estudantes e para muitos é um dos obstáculos a se vencer para conseguir a aprovação na faculdade, enquanto alguns poucos pensam em seguir a profissão de físico. O que para uns é considerado obstáculo, para outros não passa de uma disciplina surpreendente. Antigamente, o físico era visto como uma espécie de “cientista maluco”, mas hoje em dia essa ideia já está ultrapassada. O físico é responsável por estudar a relação entre a matéria e a energia, suas propriedades e as leis que regem a sua interação.

A profissão de físico ainda não é regulamenta no Brasil mas, existe um projeto, para que, isso acontece brevemente. Quando a pessoa se forma recebe o graus de licenciado ou bacharel em física. Assim sendo, pode lecionar em escolas e universidades e se desenvolver na área da pesquisa.  Além disso, o profissional dessa área pode atuar em diferentes campos interdisciplinares, como por exemplo, economia, administração, geofísica, físico-química, indústrias, acústica, física nuclear, física médica, biofísica, magnetismo, instrumentação, materiais e astrofísica.

O curso

O curso superior em física tem duração média de 4 anos. O início do curso se dá principalmente através de disciplinas como matemática e física básica. A medida que se passam os anos, já estuda-se física avançada, eletromagnetismo, termodinâmica, astrofísica, eletrostática e tem-se muitas atividades práticas. Como em qualquer curso, no final, é obrigatório a apresentação do TCC (monografia) e a realização do estágio.

Onde estudar

Existem diversas faculdades e universidades que dispõe do curso superior em física, seja sua escolha por uma instituição pública ou privada. Nas instituições privadas, existem a opção de estudar em qualquer turno e os preços das mensalidades variam muito. Algumas opções de instituições são, por exemplo, Universidade Federal de Mias Gerais (UFMG), Centro Universitário Una, Universidade de São Paulo (USP), Universidade de Franca (UNIFRAN), Centro Universitário Anhanguera e Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

É importante verificar a instituição que irá escolher para realizar esse curso pois, algumas oferecem o bacharelado com diversas opções de habilitação que auxiliam que você encaminhe em qual área irá atuar na profissão de físico, definindo áreas de pesquisa, ações e principais focos.

Estágio

A melhor época procurar o estágio é a partir do 3° ano do curso. Para tentar empresas ou locais que aceitem estagiários é bom procurar por ofertas, principalmente, no final de cada semestre ou no final do ano.

Algumas das atividades realizadas no estágio são realização de pesquisas de iniciação científica, apoio ao trabalho do professor titular, elaboração de aulas, lecionar aulas e elaborar relatórios.

Mercado de trabalho

O mercado de trabalha para esse profissional é amplo, podendo seguir em diversas áreas, como foi citado no início do texto. A área com maior número de contratação é a área escolar, já que, existe uma carência de professores, principalmente, no ensino médio. Não é difícil dizer os motivos e alguns deles são a remuneração pouco atrativa e alguns problemas estruturais na rede pública. Existe também a opção de realizar um concurso e, assim ter maior estabilidade e benefícios. Pensando no ensino superior, tem as opções de utilizar seus conhecimentos nas áreas da engenharia, informática e ciências contábeis,por exemplo. Para ser professor universitário é exigida a formação em uma pós-gradução.

Quanto recebe um físico?

O salário inicial é de aproximadamente R$ 1.500 reais mensais. No entanto, esse salário pode variar. Um profissional com experiência pode receber em torno de R$ 4.000 reais mensais e um professor de universidade com 20 anos de experiência pode chegar a receber cerca de R$ 17.000 reais mensais. Mas, a média de salário para os profissionais dessa área gira em torno de R$ 2.150 reais. Normalmente, escolas privadas pagam mais do que escolas públicas.

Exigências para atuar na profissão

Para exercer a profissão é necessário ser formado em um curso superior de física e, em algumas áreas pode ser necessário os títulos de mestrado e/ou doutorado. Podendo ainda, ser exigido algum tempo de experiência.


Compartilhe!

Comentar

Clique aqui para postar um comentário