Início » Sem categoria » Pronomes: como são utilizados?

Pronomes: como são utilizados?

Compartilhe!

Os pronomes representam uma classe de palavras essenciais para dar fluidez e coerência à língua portuguesa, sem a necessidade de repetição massiva de certos elementos dentro de um mesmo pensamento. Em geral, aprendemos a utilização prática de um pronome de forma natural, mas é comum que sua utilização gramatical nem sempre fique clara.

A classificação de um pronome é importante para a utilização correta de língua portuguesa em sua forma mais ajustada às diferentes situações nas quais é utilizada. Além disso, sua correta utilização costuma ser bastante cobrada em provas e concursos, pois permite a elaboração de textos mais coesos.

Entenda o que é um pronome, suas classificações e seu uso adequado na língua portuguesa:

Definição de Pronome

De forma geral e simplificada, os pronomes formam uma classe de palavras capaz de substituir o nome – que é o substantivo – em uma oração. É capaz de indicar este substantivo, além de várias referências adicionais – sem fazer menção direta a ele.

Para isso, pronomes possuem a capacidade de variar em gênero, número ou pessoa, além de possuir subcategorias distintas. Entre elas, é necessário considerar especialmente os pronomes substantivos e adjetivos. Os substantivos são aqueles com a função exclusiva de substituir, como o nome indica, o substantivo de uma oração.

Já o pronome adjetivo é aquele com a capacidade de impor certas características a um substantivo que geralmente acompanha. É o caso da utilização em exemplos como “A minha casa é branca”. Nesta oração, atribui-se um certa condição à casa – o fato de pertencer a mim.

Tipos de pronome

Pronomes de tratamento

Os pronomes de tratamento são aqueles utilizados para referenciar pessoas durante o trato interpessoal. Muitas pessoas pensam que sua utilização resume-se a condições formais, especialmente em função da associação de exemplos como “Vossa Majestade” ou “Vossa Excelência”.

Eles são utilizados, no entanto, para qualquer tipo de situação, incluindo o cotidiano “Você”, que é um pronome de tratamento da vertente brasileira da língua portuguesa.

Pronomes relativos

Um pronome relativo faz referência a algo anteriormente mencionado dentro daquele mesmo contexto. Isso quer dizer que ele faz uma correlação entre diferentes partes de uma fala ou texto. É o caso de exemplos comumente utilizados, como “cujo” e “o qual”.

Pronomes pessoais

Um pronome pessoal é aquele que faz referência a uma das três pessoas do singular ou às três pessoas do plural em um discurso. É o caso, portanto, de termos como “eu, tu, ele/ela, nós, vós, eles/elas”. Adicionalmente, aqueles pronomes pessoais de tratamento, como “mim, comigo, conosco, vos, lhe, consigo” e etc também fazem parte desta classificação gramatical.

Pronomes demonstrativos

Os demonstrativos, por sua vez, são uma espécie de pronome utilizada para indicar posição relativa a tempo ou espaço de um substantivo. Além disso, serve para estruturar e hierarquizar certos âmbitos de um discurso. Exemplos de pronome demonstrativo são: esse, isto, aquele, aquilo e etc.

Pronomes possessivos

Um pronome possessivo é uma palavra capaz de atribuir a ideia de posse de algum substantivo a alguém. Isso significa que a palavra referenciada pelo pronome possessivo é atribuída a alguém. É o caso de palavras como “minha, sua, teu, nosso, vossa”.

Pronomes indefinidos

Os indefinidos fazem referência a algo que não é totalmente estabelecido, geralmente com a intenção de expressar vagueza. É o caso de “ninguém, alguém, algo, algum, qualquer” e etc.

Pronomes interrogativos

Os pronomes interrogativos são aqueles utilizados para interrogar a respeito de um sujeito. Em geral, trata-se de um pronome estruturalmente idêntico aos relativos, mas é utilizado em uma pergunta, e não em uma correlação.

Pronomes oblíquos

Um pronome oblíquo funciona de forma sempre complementar, de maneira direta ou indireta. Fazem referência à pessoa em questão de forma adicional, como “me, te, lhe, lhes, se, ti” e etc.


Compartilhe!