Início » Vida de estudante » Qual faculdade fazer? Dicas e preocupações

Qual faculdade fazer? Dicas e preocupações

Compartilhe!

Decidir qual faculdade fazer está longe de ser uma tarefa fácil. Na verdade, a maior parte das pessoas enxerga nessa decisão um de seus maiores dilemas, pois essa pode ser a decisão que definirá seu tipo de ocupação para o resto da vida.

Em primeiro lugar, você precisa ter uma abordagem realista. Não romantize sua escolha se você não tem certeza de que é aquilo que você quer fazer no futuro: o que parece muito interessante por agora pode ser completamente diferente daquilo que você considera agradável no futuro breve.

Em seguida, é necessário fazer uma análise fria, tentando projetar suas intenções a longo prazo. Só assim você conseguirá vislumbrar a relação entre seus gostos e seu futuro. Para ajudar você a decidir qual faculdade fazer, separamos algumas dicas básicas que facilitam a decisão:

Diferencie aptidões de interesses

Um erro clássico na hora de escolher qual faculdade fazer é confundir aquilo que interessa você com aquilo no que você é bom. Muitas pessoas são excelentes em matemática, por exemplo, mas realmente gostam das ciências naturais, embora não tirem notas tão boas nestas.

Pouco adianta escolher um curso no qual você terá alguma facilidade se você não tem interesse algum nas matérias estudadas por ele. Se for possível alinhar interesses com aptidões, melhor ainda – se não for possível, no entanto, dê preferência para algo que não seja difícil de fazer.

Seja realista em relação ao local escolhido

Algo duro a se levar em consideração na hora de escolher qual faculdade você é a questão geográfica. Imagine que você queira fazer um curso que só existe em poucos lugares do país: é necessário definir se você terá condições de se manter neste local.

Lembre-se que quase todas as universidades públicas possuem casas para estudantes, e que várias instituições oferecem bolsas remuneradas para os estudantes. Considere, no entanto, os custos de manutenção em sua casa de forma cuidadosa.

Pense nas carreiras que você pretende seguir

Um dos erros ao decidir qual faculdade fazer é pensar apenas nos anos de faculdade. A vida acadêmica dura apenas de quatro a oito anos (ou alguns anos a mais, se você seguir na pós-graduação), enquanto a atividade que você irá exercer durará muito mais do que isso.

Pense nos próximos anos e nos anos que seguirão eles. Só assim você fará uma escolha inteligente a longo prazo.

Cuidado com as “carreiras do momento”

Nunca decida qual faculdade fazer com base em uma situação econômica atual, ou com base em uma ideia específica que parece interessante no momento. Como a economia é essencialmente cíclica, é possível que o mercado seja muito diferente quando você terminar o curso.

As questões financeiras devem ser apenas auxiliares, e não uma parte central de sua decisão. Evite esse erro cometido por tantas pessoas.

Pesquise sobre o curso e sobre as especificidades de cada local

Escolher um certo curso não significa que você terá o mesmo tipo de aprendizado ou esforço em qualquer universidade. Na verdade, é muito comum que um ou outro local tenha especialidades mesmo na graduação, e pode ser interessante considerar onde você o cursará se já tiver uma ideia de suas intenções – principalmente se sua cidade tiver várias opções.


Compartilhe!

Comentar

Clique aqui para postar um comentário