Início » Física » Quarks: o que são? Quais os tipos?

Quarks: o que são? Quais os tipos?

Compartilhe!

Até um bom tempo atrás se acreditava que a matéria era formada apenas de nêutrons, prótons e elétrons, mas como a tecnologia e a ciência sempre estão andando de mãos dadas, estudos recentes sobre radiações nucleares e de choque de partículas revelaram outro componente da matéria.

A massa de um elétron é insignificante de tão baixa, e as massas de nêutrons e prótons são mais significantes, sendo exatamente este ponto que deixou intrigada a sociedade cientifica, suspeitando assim da composição dessas partículas nucleares. A partir daí, iniciaram-se várias análises, sugerindo que dentro do núcleo dos compostos elementares existiria outro composto denominado de quarks. Os quarks, quando descobertos, nunca serão analisados sozinhos, pois serão detectados sempre em trios.

Saiba mais sobre as propriedades, o tipos e a função dos quarks no entendimento de nosso próprio universo:

Definição

Os quarks são um dos dois elementos básicos que formarão a matéria e será a única partícula que vai interagir por meio de todas as quatro forças fundamentais. É denominado como um férmion fundamental que possui uma unidade de carga hadrônica, que aparece normalmente em três cores distintas. A teoria que estuda a dinâmica dos quarks e das cargas hadrônicas é chamada de Cromodinâmica Quântica, e segundo esta teoria, os quarks formam estados de ligação com dois ou três. Os pares são denominados como mésons e os trios como bárions.

Tipos de quarks

Os quarks são divididos em seis tipos diferentes, contudo desses seis, apenas dois são parte da composição dos prótons e nêutrons. Os outros quatro existem apenas nos primeiros momentos de criação o Universo e somente é possível recriá-los nos conhecidos aceleradores de partículas. É interessante não saber somente os dois que compõe os prótons e nêutrons, mas sim todos, por esse motivo será explicitado todos aqui logo abaixo:

Up- com significado de para cima, é o quark mais leve existente, sendo que um próton possui dois Up em seu interior e um nêutron apresenta somente um.

Down- com o significado de para baixo, este quark fará dupla com o up da constituição dos prótons e nêutrons, possuindo respectivamente um e dois Downs.

Charm- com o significado de charme, é maior que o Up e o Down, no entanto só pode ser perceptível em um acelerador de partícula.

Strange- apelidado de estranho, é o par do Charm e também é considerado muito pesado para que permaneça na natureza em seu tamanho normal, existindo assim somente no início da criação do Universo.

Top- denominado como topo, é um quark considerado o mais pesado de todos, sendo sua massa considerada igual a massa de um átomo de ouro, notando-se o quão pesado este é.

Bottom- significando fundo, pois é um quark, assim como os três últimos, muito pesado para existir hodiernamente. Ele pode ser recriado em um acelerador de partículas, contudo apenas permanece por um milionésimo do milionésimo de segundo.

Propriedades dos quarks

Os quarks apresentam algumas propriedades peculiares, as quais são muito importantes, como cor e sabor. Esses nomes dados às propriedades não tem nada a ver com os sabores dos alimentos, apenas fazendo uma analogia. Os quarks podem ter seis sabores/ tipos o Up, Down, Charm, Strange, Top e Bottom. E, como mencionado anteriormente, os dois primeiros apenas existem atualmente nos compostos de prótons e nêutrons.

Em relação as cores, podem ser red, green ou blue, sendo que essa propriedade, a cor, não é estática, pois pode haver modificações, já que os quarks interagem entre si e mudam de cor por meio dos chamados glúons. Essa interação que faz os quarks permanecerem próximos e juntos, por esse motivo o nome da partícula mediadora se chama glúon, que vem de glue, cola em inglês.


Compartilhe!

Comentar

Clique aqui para postar um comentário