Início » História » Renascimento: contribuições, artistas e obras

Renascimento: contribuições, artistas e obras

Compartilhe!

O Renascimento originou-se na Itália, devido ao florescimento de cidades como Veneza, Gênova, Florença e Roma. Foi um movimento culturaleconômico e político, do século XIV, inspirado nos valores da Antiguidade Clássica. As modificações estruturais da sociedade resultaram na reformulação total da vida medieval, dando início à Idade Moderna.

O ideal do humanismo foi o ponto central do movimento renascentista.  O Renascimento buscou a valorização do Humanismo e da natureza, em oposição ao divino e ao sobrenatural, conceitos que haviam impregnado a cultura da Idade Média. As características gerais do movimento foram:

  • Racionalidade;
  • Dignidade do Ser Humano;
  • Rigor Científico;
  • Ideal Humanista;
  • Reutilização das artes greco-romana.

A exploração de novos continentes e o desenvolvimento da pesquisa científica permitiram o fortalecimento da confiança no potencial humano. Nos retratos detalhistas, dos artistas renascentistas houve o uso da intensidade emocional e da iluminação surreal.

Desta forma, a arte foi o meio de explorar todas as facetas da vida na terra. O Renascimento privilegiou a Antiguidade Clássica, mas não se limita a reproduzir suas obras, o que reduziria sua importância. Seus seguidores recusavam radicalmente os valores medievais e para alcançar esse objetivo usavam a cultura greco-romana como o instrumento mais adequado para a realização de suas metas.

A arquitetura renascentista

Entre os arquitetos que mais se destacam estão Leon Battista Alberti, Filippo Brunelleschi, Donato Bramante, Andrea Palladio e Michelangelo Buonarotti.

Leon Battista Alberti (1404-72): além de arquiteto, foi pintor, escultor e escritor. Ele deixava de lado a religiosidade da arte e sempre buscava e incentivava o estudo da ciência, que fundamentavam seu trabalho. Foi ele quem escreveu o primeiro manual de perspectiva, onde propunha as proporções humanas ideias.

Filippo Brunelleschi Brunelleschi (1377-1446): foi outro renascentista com vários talentos, dentre eles, escultor, relojoeiro e matemático. É conhecido atualmente como o pai da engenharia moderna, onde mudou a perspectiva matemática do mundo. Outro grande feito, foi o lançamento do projeto da igreja em plano central, que veio como substituta da basílica medieval.

Donato Bramante (1444-1514): Foi ele o autor do pequeno templo em Roma conhecido por Tempietto, local onde São Pedro foi crucificado. O que há de especial nesse templo, foi o perfeito plano central da igreja, representando a simplicidade e as proporções harmoniosas.

Andrea Palladio (1508-80): Muito conhecido por seus grandes palácios, e também pela criação do tratado titulado como os “Quatro Livros de Arquitetura” que serviu de manual para os pioneiros do neoclássico. Acrescentou os detalhes romanos e gregos, jônicas e colunas.

Michelangelo Buonarotti (1475-1564): Conhecido por supervisionar a reconstrução da da Basílica de São Pedro, localizada em Roma. Era adepto da ideia que a arquitetura deveria colocar um eixo central, com o tronco humano.

Dentre as inúmeras características da arquitetura renascentista, as principais são:

  • Entre as principais construções se destacam: igrejas, palácios, fortalezas e vilas.
  • Construções simples
  • A escultura e a pintura passam a ser autônomas, separando-se da arquitetura.

Renascimento e a pintura

O renascimento foi uma época muito rica, cheia de talentos, e com grandes nomes na pintura, até os dias atuais.

Dentre as características desse período, podemos destacar:

  • Uma nova perspectiva, com novas proporções, distanciamentos entre os objetos observados e as pessoas, que se basearam em princípios da geometria;
  • Uso do claro-escuro: fazendo com algumas áreas se tornassem iluminadas, e outras que representassem a sombra e escuridão.
  • Uso da tela e da tinta à óleo, teve seu inicio.
  • Os artistas começaram a ter um estilo próprio, diferente de todos os demais, marcado pela liberdade, e como consequência o individualismo.

Os pintores que mais se destacaram nessa época foram:

  • Giotto di Bondone(c.1267-1337)
  • Leonardo da Vinci(1452-1519)
  • Michelangelo Buonarotti (1475-1564)
  • Rafael Sanzio(1483-1520)
  • Sandro Botticelli(1445-1510)
  • Ticiano(c.1473-90-1576)

Compartilhe!

Comentar

Clique aqui para postar um comentário