Início » Física » Reverberação: o que significa?

Reverberação: o que significa?

Compartilhe!

Neste texto nós vamos falar um pouco sobre reverberação que é uma consequência física gerada por ondas sonoras a partir do momento em que estas são refletidas de maneira reiterativa. Praticamente falando, o que ouvimos dizer é a persistência de um som logo após ser extinta a reprodução por sua fonte sonora e que acontece em um ambiente parcialmente fechado ou fechado.

O que é reverberação?

Ao solicitar uma fonte sonora em um lugar fechado e não tão grande, leve em consideração a primeira onda sonora, sendo propagada para todas as direções. Assim, um receptor que está nesse local ouvirá o mesmo som mais de uma vez por conta das reflexões emitidas pelo encontro da onda com as paredes.

Assim como a distância entre o receptor e as paredes não é tão grande, a distinção sobre o tempo que a primeira onda sonora não-refletida e a refletida pelas paredes levaram para chegar no receptor é menor que 1/20 s (para valores abaixo dessa diferença de tempo entre sons, o ser humano não consegue perceber que realmente existe entre eles uma pausa).

Isso acontece também para as ondas sonoras realizadas logo em seguida, então, as novas ondas junto com as ondas reflexionadas pela parede sofrem o fenômeno da interferência construtiva, ou seja, se encaixam com as anteriores de modo a tornar o som mais profundo (robusto).

A reverberação pode sim ajudar a compreender o que é dito por um orador em um auditório, pois as ondas correrão o ambiente de maneira a alcançar no ouvinte, validando o atraso que teria se não existisse a reverberação. O excesso de reverberação, no entanto, pode atrapalhar o compreendimento.

Reverberação e tecnologia

Grandes avanços, seja de hardware, como também de software, fizeram possível proporcionar uma reverberação artificial com resolução e densidade que se aproximam ao efeito natural, tentando aproximar do tipo de som claro, para diversas aplicações profissionais.

A reverberação natural é um processo acústico complicado que, apesar de toda a tecnologia eletrônica a nosso favor, ainda não foi recriado com total precisão por formas digitais. Há unidades de reverberação que se aproximam mais do que nunca.

Com intenção de criar uma flexibilidade e qualidade de reverberação e efeitos numa forma simples de usar, como por exemplo, nos estúdios avançados de gravação profissional e reforço de som. A reverberação é um efeito primordial para os instrumentos musicais, gravações e reforços de som. Obviamente, a qualidade dos efeitos usados tem uma credibilidade importante sobre a qualidade geral do som. Ela é o efeito principal na constituição de uma.

Tempo de reverberação

O tempo de reverberação é o tempo que transcorre, a partir do momento da transição da onda sonora emitida pela fonte até ela perder 60dB de seu nível sonoro, que corresponde a uma diminuição de ordem 10^6 W/m² de intensidade sonora.

É fácil notar que o som de uma caixa acústica aparenta soar diferente se for retirada de um ambiente pequeno (como um cômodo pequeno) para outro ambiente de medidas muito maiores (como um auditório).

O tempo de reverberação depende do espaço do ambiente, da área total por fora de todos os objetos que estão presentes nele mesmo, e do coeficiente de absorção de cada um dos objetos.

O tempo de reverberação acontece graças simples ao fato de que as ondas sonoras tem uma propagação devagar se comparada com a da luz. O som se prolonga a aproximadamente 340 metros por segundo, e quando essas ondas são impulsionadas em ambiente aberto, ou seja, sem nenhum lugar para reflexão, o que se escuta é apenas o som “cru”, com tempo de reverberação de 0 s, porém, quando as mesmas ondas se deparam com superfícies refletoras, (o som em um ambiente aberto se propaga em todas direções) as ondas diretas chegam ao ouvinte, mas as outras ondas “reverberadas” chegam ao seu ouvido depois, já que foram refletidas por outras superfícies.


Compartilhe!

Comentar

Clique aqui para postar um comentário