Início » Universidade » Teste de Habilidades Específicas (THE): como estudar?

Teste de Habilidades Específicas (THE): como estudar?

Compartilhe!

O Teste de Habilidades Específicas, também chamado de THE, é um desconhecido de muitas pessoas que prestam o vestibular, pois a maior parte dos cursos exige o método padrão de seleção, que inclui uma prova objetiva e algum tipo de exercício de redação.

Há, para uma série de outras graduações, o chamado Teste de Habilidades Específicas, que costuma ser um medo comum de pessoas que pretendem seguir por estes cursos. Ele adiciona mais uma camada de estudos para o processo de seleção, e a disseminação muito menor de informações a seu respeito costuma tornar tudo ainda mais complicado.

Entenda o que é o Teste de Habilidades Específicas, THE, qual sua finalidade, como é feito e, principalmente, como estudar para ter um bom desempenho nele:

O que é o Teste de Habilidades Específicas?

O Teste de Habilidades Específicas é uma prova adicional, que varia sua forma de acordo com o curso que o utiliza. Sua intenção é poder avaliar se o candidato possui um certo conjunto de habilidades necessários para o andamento daquele curso no qual pretende seguir.

O THE busca garantir que os estudantes que ingressarem naquele curso sejam realmente capazes de realizar certos procedimentos mínimos que serão necessários para o correto aproveitamento dos ensinamentos.

É o caso, por exemplo, de um curso de Música em piano, que exige que o estudante já saiba tocar minimamente bem o instrumento, pois não é um curso que ensina como o instrumento deve ser tocado – aprofunda-se partindo do pressuposto de que suas acadêmicos já o dominem com certa naturalidade.

Quais cursos aplicam THE?

Em geral, os cursos que aplicam o Teste de Habilidades Específicas são aqueles que recorrem ao uso de aptidões físicas, de coordenação ou de certas habilidades artísticas. Cursos de Educação Física, de Arquitetura e Urbanismo (em alguns casos), de Artes, Música, Dança e Artes Cênicas são os exemplos padrão.

Para cada um destes cursos, obviamente, há seu próprio THE, que varia, também, de instituição para instituição que o aplica. Todos eles são diretamente relacionados à área de ação e às habilidades mínimas exigidas no decorrer daquele curso.

Como estudar para o Teste de Habilidades Específicas?

A grande dúvida para os alunos que pretendem ingressar em um destes cursos é como estar devidamente preparado para o THE. A primeira questão a se pensar é que não há motivos para preocupação. Ao escolher o curso em questão, espera-se que você já tenha algum conjunto mínimo de habilidades relacionadas a este tema.

Isso não quer dizer, é claro, que você simplesmente não deva estudar para o THE. Pelo contrário. A grande vantagem é que o estudo, neste caso, já está diretamente relacionado ao que você fará nos próximos anos, caso consiga a aprovação. Para facilitar o estudo, algumas dicas são:

Leia o edital com atenção

No edital do Teste de Habilidades Específicas (por vezes publicado junto ao edital geral do vestibular, por vezes em documentos separados), há uma lista detalhada de todos os testes que serão realizados, as exigências mínimas, as expectativas e o material necessário para sua realização.

Faça um levantamento do que será cobrado, pesquise e inicie a praticar.

Fale com pessoas que passaram pelo teste

Uma excelente forma de compreender melhor o que será exigido é conversar alguém que tenha passado por esse processo seletivo. Pergunte o que foi feito, como a pessoa reagiu e como ela foi avaliada.

Dê preferência para pessoas que foram aprovadas, pois – além do THE propriamente dito – elas passam a compreender melhor os critério exigidos, depois que entram no curso.

Pratique muito

Para garantir um bom resultado, a única forma é praticar muito. Todos os THEs são relacionados à prática de algo: capacidade de realização gráfica, capacidade auditiva, preparo físico e etc. Sabendo o tipo de exercício que é exigido, você pode simplesmente praticar diariamente para alcançar um bom nível nestas habilidades.


Compartilhe!

Comentar

Clique aqui para postar um comentário