Início » Física » Velocidade escalar: principais temas relacionados

Velocidade escalar: principais temas relacionados

Compartilhe!

Sabe-se que a velocidade escalar é a relação fracionaria entre o espaço percorrido e o tempo gasto para se percorrer este determinado trajeto, resultando em uma velocidade média de toda trajetória, mesmo tendo suas variações durante o mesmo.

Uma grandeza escalar é aquela que o valor numérico é o suficiente para se expressar a grandeza física, a qual não precisa a expressão de vetores de direção e sentido da trajetória, como por exemplo, um carro viajou durante 4 horas com velocidade média de 90 km/h.

Devido a existência da velocidade escalar, possui os cálculos que resultam na velocidade escalar média, que é a razão entre o espaço percorrido e seu intervalo de tempo, contudo, como mencionado acima, não se tem nenhuma certeza de como esta trajetória foi percorrida.

Como no exemplo de uma moto que percorreu 200 km em 2 horas de viagem, podendo assim ter percorrido com uma velocidade média de 100 km/h ou pode ter feito uma pausa de 1 hora para descansar e a outra hora viajou com sua moto em uma velocidade de 200km/h, ou também com diferentes valores de velocidade devido o trânsito e a fiscalização eletrônica.

Saiba mais a respeito do conceito de velocidade escalar, e quais são as principais temáticas relacionadas ao assunto na hora de fazer uma prova:

Definição de velocidade

A definição de velocidade é definida como a medida da rapidez em que determinado objeto movimenta-se, sendo o seu resultado feito pela razão entre a distância percorrida e o tempo gasto.

Velocidade Escalar Média

É chamada de velocidade escalar média o resultado da razão entre o espaço total percorrido e o tempo gasto, contudo é evidente que houve acelerações durante o trajeto, podendo ser positiva ou negativa.

É importante salientar que não pode ser confundida com velocidade vetorial média que não coloca em sua razão o total percorrido e sim o vetor que liga os pontos do início do percurso e do final, envolvendo o deslocamento da partícula entre dois pontos, como um exemplo cotidiano, pode-se demonstrar uma viagem feita por um carro entre duas cidades que não possuam sua trajetória retilínea, representando a velocidade escalar média.

O mesmo trajeto entre duas cidades feitas por um avião, o qual não necessita seguir nenhuma estrada e sim somente fazer a trajetória retilínea entre as cidades, representando a velocidade vetorial média.

Velocidade Vetorial Média

A velocidade vetorial média, como dita anteriormente, possui como características um módulo, direção e sentido, já a velocidade escalar média não necessita de direção e sentido, pois o percurso já está pré-definido. A velocidade de um carro sempre será escalar, pois não indicará direção, mas somente um dado valor numérico. E é representada normalmente pela fórmula abaixo:

V = dEM/t

Unidade de Medida

A unidade que é comumente usada para definir a velocidade, adotada pelo Sistema Internacional de Unidades, para demonstrar a velocidade escalar é o metros por segundo, representado por m/s, contudo ainda existe outra forma de representação da velocidade escalar em quilômetros por hora, com a sigla km/h.

É importante salientar a conversão de um para o outro pode ser pedida nos exercícios de vestibular, como na conversão de metros por segundo para quilômetros por horas multiplica-se por 3,6 e o inverso passando de km/h para m/s é a divisão por 3,6.

Velocidade Escalar Instantânea

A conhecida velocidade escalar instantânea é o resultado de uma razão entre a distância total percorrida pelo o objeto em um período de tempo muito reduzido, aproximando-se do valor de zero, de modo que esta velocidade calculada é a de um instante muito especifico do percurso. Com a diminuição do tempo, a velocidade vai se aproximando de um valor máximo, ou chamado de valor limite.


Compartilhe!

Comentar

Clique aqui para postar um comentário