Início » Vida de estudante » Melhor horário para estudar: como escolher?

Melhor horário para estudar: como escolher?

Compartilhe!

Se você está se preparando para uma prova importante, é relevante pensar sobre qual o melhor horário para estudar. Sendo assim, você deve estar imaginando que existe um horário cósmico e místico, no qual o alinhamento dos planetas vai te dar a energia necessária para aprender qualquer coisa. Porém, a verdade pode ser um pouco mais complicada que isso.

Muitos estudos são feitos todos os anos sobre como funciona a mente humana, sobretudo em questão de memória de curto e longo prazo. Porém, apesar de todos estudos, o elemento subjetivo ainda é muito forte. Isso quer dizer que você deve primeiramente se conhecer para depois começar a procurar evidências científicas que te auxiliem.

A ciência por trás

Todo ser humano possui um relógio biológico interno, um mecanismo que funciona basicamente controlando as reações químicas e metabólicas, de forma que há um pico de energia e um momento em que precisamos descansar. Segundo indicam pesquisadores, o normal é que o nosso relógio biológico regule com o ciclo solar. Ou seja, ao meio dia estamos no pico de atenção e energia, enquanto que a noite entramos num estado menos produtivo.

Além disso, fatores externos também influenciam na maneira como você consegue reter mais informações. A claridade do ambiente, os sons de fundo e a temperatura são elementos que podem te ajudar a prestar mais atenção, bem como a pegar no sono mais fácil.

Porém, não é assim que funciona para todos. Basta lembrar daquele dia em que você podia dormir até mais tarde e, sem explicação alguma, acorda cedo da manhã sem mais sono. Ou então pensar nas férias, quando de tanto dormir tarde chega um dia que você simplesmente passa a noite toda acordado. Logo, a rotina, por vezes, se sobrepõe ao nosso relógio natural, e achar o melhor horário para estudar pode ser algo que depende inteiramente de você.

A importância do autoconhecimento

Se a ciência não pode dar respostas exatas para o assunto, cabe a você realizar uma autoavaliação. Sendo assim, a primeira coisa que você deve considerar é realizar uma observação intensiva sobre seus hábitos. Pare de agir tão no automático e repare o que você faz nos três períodos do dia. Vá além disso: se avalie. Como você realiza as tarefas da manhã? E as da tarde? E as da noite? Claro que se você trabalha ou estuda em um horário pré-determinado, as opções de escolha do melhor horário para estudar ficam mais restritas.

Após uma autoavaliação, você pode realizar testes. Experimente estudar nos diferentes períodos do dia e compare os resultados. Uma boa dica é trabalhar com a resolução de exercícios, e ver em que período você resolveu um maior número e quantos você acertou. Ler também ajuda muito: veja em que momento do dia você consegue ler com maior facilidade, em qual período sente menos sono, etc. Além disso, há testes online que te ajudam a descobrir qual o melhor horário para estudar de acordo com as suas necessidades e preferências.

A organização é fundamental

Por fim, vale lembrar que você deve sempre organizar seus estudos. Não adianta você achar o melhor horário para estudar e não ter disciplina suficiente para reservar esse horário para seus estudos. Por exemplo, se você descobriu que a manhã é o melhor período para você, não adianta você ter preguiça de acordar cedo para estudar. Para quem prefere estudar a noite, deve ser levado em consideração as noites que você vai querer sair e consequentemente vai deixar os estudos atrasados.

Sendo assim, tenha um local calmo e claro onde você possa se concentrar nos estudos, e obedeça a risca seus horários. Tire um tempo para relaxar também, e lembre-se de estabelecer metas. As metas te ajudam a acompanhar seu progresso e a se motivar também.


Compartilhe!

Comentar

Clique aqui para postar um comentário