Início » Português » Literatura » Paulo Leminski: vida e obra

Paulo Leminski: vida e obra

Compartilhe!

Entre os grandes poetas brasileiros do século XX está Paulo Leminski. O autor, muito lembrado nos meios sociais pela sua construção poética e popularidade na segunda metade do século passado, passa muitas vezes despercebido por estudantes se preparando para concursos. Contudo, a contemporaneidade de sua obra levanta altas possibilidades de que o autor vire alvo de questões em provas e vestibulares.

Por esse motivo, vale a pena conferir um pouco da história de vida de Paulo Leminski, e também um pouco de sua carreira e obra poética. Temos que destacar o período histórico e literário vivido, as correntes de que ele fez parte, e também seus gostos literários. Por fim, poderemos chegar às principais características do seu estilo literário, que são encontradas intensivamente em seus poemas e obras.

Vida e biografia

Paulo Leminski Filho foi um escritor e poeta brasileiro, nascido na cidade de Curitiba, no ano de 1944. Leminski sempre fora muito inteligente, chamando a atenção desde pequeno. Recebeu sua educação no Mosteiro de São Bento, em São Paulo, a partir do seus catorze anos. Porém, aos 19 anos Leminski abandonou a carreira religiosa e ingressou na vida literária.

Paulo Leminski também é muito lembrado pela sua admiração em relação à poesia oriental, sobretudo nos Haikais ─ poemas curtos com uma métrica estrita e definida. Além da literatura, Leminski também atuou no mundo musical, fazendo parceria com cantores ilustres, como Caetano Veloso.

O autor casou-se duas vezes, sendo o seu segundo matrimônio ─ com a também poeta Alice Ruiz ─ o mais longo. Com ela, Leminski teve três filhos. Sua morte é considera muito prematura: o autor faleceu aos 44 anos, vítima de uma cirrose hepática. Contudo, sua obra o transcendeu e chega forte até os dias atuais.

A carreira de escritor

Paulo Leminski teve sua primeira experiência literária no ano de 1964, ao publicar 5 poemas na revista Invenção, na época comandada por Décio Pignatari. Essa amizade foi o que levou Leminski mais tarde a ser influenciado pelo Concretismo, do qual Pignatari era porta-voz. Seus poemas foram publicados em diversas revistas ao longo de sua carreira, mas sua obra de prosa experimental, chamada Catatau, só foi publicada em 1975.

Além do ofício de poeta, a inspiração de escritor levou Paulo Leminski a atuar também como professor. Nesse sentido, Leminski fora professor em cursinhos nas matérias de História e Redação. Além disso, atuou também como tradutor de textos e, como já citamos, atuou no mundo musical como músico e letrista.

O período vivido e os movimentos literários

Apesar de sua habilidade literária e produção poética, Paulo Leminski não configura entre os cânones da Literatura brasileira. Sua produção não era convencional, sendo que Leminski se enquadra na chamada Poesia Marginal ─ ou geração Mimeógrafo.

Sua obra, no entanto, apresenta fortes influencias da corrente Concretista da década de 50. Isso quer dizer que os preceitos da corrente, como o trato da forma, utilização do espaço poético de maneira inusitada, utilização de elementos visuais e irreverência faziam parte da produção de Paulo Leminski.

Além disso, sua atuação no mundo musical teve importante significado na construção da Música Popular Brasileira. O autor não é destacado por estar na MPB, mas importantes nomes dessa seara conviviam e eram amigos íntimos de Leminski.

O estilo de escrita

A escrita de Paulo Leminski é marcada sobretudo pela concisão ─ ou seja, utilização de poucas palavras para passar a mensagem ─, irreverência, linguagem coloquial e desapegada de formalidades e ao mesmo tempo um rigor da construção poética. O gosto do poeta pela literatura japonesa e pelos Haikais explica bem sua concisão e rigor formal, pois essas construções poéticas são poemas curtos com uma rigorosa métrica.

Ao mesmo tempo, não podemos esquecer de destacar o aspecto visual de sua poesia. Muitos acreditam que esse aspecto se deve à relação de Paulo Leminski com a publicidade, âmbito em que atuou durante alguns anos de sua vida.


Compartilhe!

Comentar

Clique aqui para postar um comentário