Início » Português » Gramática » Ortografia » “Trás” ou “Traz”: quando utilizar cada um?

“Trás” ou “Traz”: quando utilizar cada um?

Compartilhe!

Mais um exemplo entre as palavras foneticamente idênticas, mas gramaticalmente distintas, a dúvida entre “trás” ou “traz” permeia diversas situações. O problema ocorre a partir do fato de que – não raras vezes – somos mais expostos a certas palavras na língua falada do que na língua escrita. Isso leva a incertezas na hora de se escrever de acordo com a norma culta da língua.

A verdade é que faz diferença entre a utilização de “trás” ou “traz”. Cada uma dessas palavras significa uma coisa, e deve ser utilizada de forma distinta. Por isso, desenvolvemos um guia para a utilização correta das duas palavras em cada um dos contextos com os quais se relacionam. Saiba diferenciar a utilização de “trás” ou “traz”:

Qual o correto: “trás” ou “traz”?

Temos uma tendência de tornar a maior parte das escolhas binárias. No caso da língua portuguesa, não é diferente: preferimos a existência de regras que digam sim ou não, certo ou errado. É justamente quando as regras tornam-se um pouco mais dinâmicas que costumamos encontrar maior dificuldade de lidar com a situação.

No caso de “trás” ou “traz”, essa situação torna-se clara. Não existe um certo ou errado universal para a dupla. Tudo depende do contexto. Trás é um advérbio de lugar, e deve ser utilizado como tal. Nas situações que exigem um advérbio de lugar, é a expressão correta, enquanto traz é inadequado.

Ao mesmo tempo, o verbo “traz”, conjugação do verbo trazer, é correto quando a contexto exigir este verbo – nestes casos, utilizar “trás” é completamente inadequado. Por isso, não existe certo ou errado, neste caso, se não houver como contextualizar a utilização da palavra. Este é um ponto ao qual você deve prestar atenção tanto para a utilização da linguagem, quanto para questões em provas que queiram criar algum tipo de armadilha.

Quando utilizar “trás”?

Como já mencionado, “trás” possui a função exclusiva de advérbio de lugar. Sempre é acompanhado de um preposição para seu uso correto e, em alguns casos, pode sofrer uma fusão com essa preposição – como é o caso de “atrás” ou “detrás”.

O termo sempre indica posição ou local, e nunca deve ser utilizado para outro contexto – neste caso, provavelmente a opção correta é o verbo, sem acento e com “z”. Exemplos de usos correto do “trás” são:

– Passe por trás da casa para não ser visto pelos vizinho.

– Olhando para trás, sei que não devia ter feito aquilo.

Quando utilizar “traz”?

Diferentemente do exemplo anterior, a expressão “traz” é uma conjugação do verbo trazer. É, em linhas gerais, um sinônimo de “conduz”, “causa”, “gera”, “ocasiona” etc. Pode ser encontrado na conjunção do verbo “trazer” tanto na terceira pessoa do singular do indicativo, quando na primeira pessoa do singular do imperativo.

Exemplos de sua utilização podem ser feitos em situações como:

– Todas as semanas, ele traz seus textos para que avaliemos.

– Maria traz más notícias sobre sua mãe.

– Ele traz a nova edição do jornal todas as manhãs.


Compartilhe!

Comentar

Clique aqui para postar um comentário