Início » Biologia » Bile ou Bílis: qual sua função no corpo?

Bile ou Bílis: qual sua função no corpo?

Compartilhe!

A bile ou bílis, é o fluido mais conhecido que o fígado produz. Ela é armazenada diretamente na vesícula biliar, e é parte essencial do processo de digestão, especialmente considerando a quebra de gorduras e a absorção de alguns tipos específicos de nutrientes, quando passam pelo intestino.

A produção da bile ou bílis está entre os motivos que tornam o fígado um órgão vital no organismo humano. Considera-se essa função a sua “tarefa de rotina”, e é impossível tratar diretamente da bile sem falar um pouco sobre a funcionalidade do fígado.

Entenda mais sobre a atuação do fígado, a produção da bile ou bílis e qual a sua importância no organismo humano:

Quais são as funções do fígado?

O fígado é um órgão vital no corpo humano. Sem o fígado funcional, o organismo é incapaz de sobreviver por mais do que algumas horas. Geralmente, separa-se sua função em um total de cinco tarefas essenciais.

A primeira e mais recorrente delas é a secreção da bile ou bílis. Trata-se de um líquido de alto amargor, com coloração que varia entre marrom e vermelho. As experiências geralmente associadas à secreção são, infelizmente, aquelas em que a presença da bile no corpo pode ser observada. É ela, por exemplo, que auxilia na coloração e no gosto característico do vômito, na maior parte dos casos.

Além da produção desta secreção, o fígado ainda é envolvido no armazenamento de diversos tipos de nutrientes. Também é responsável por funções metabólicas e sintéticas em relação ao bolo alimentar formado durante o processo digestivo, e pela produção de proteínas necessárias para a coagulação sanguínea e outros componentes plasmáticos. Ainda em relação ao sangue, o fígado é responsável pela eliminação de células sanguíneas já maduras, em um processo de fagocitose.

O fígado também participa do processo de eliminação de substâncias nocivas para o organismo. Ele “trata” quimicamente substâncias tóxicas, gerando subprodutos que são encaminhados para os rins, para que sejam separados pela urina – como é o caso da ureia.

Características gerais da bile

A bile é uma secreção líquida e viscosa. Ela é produzida diretamente pelo fígado e, em seguida, é encaminhada à vesícula pelos chamados “dutos biliares”. Da vesícula, é enviada ao intestino, onde é responsável pela tarefa de tratar gorduras de forma que possam ser adequadamente absorvidas pelo organismo.

Problemas de saúde relacionados à bile

Em geral, o fígado é bastante eficiente no que diz respeito à produção de bile ou bílis. Uma problema comum, no entanto, ocorre quando a vesícula, responsável pelo armazenamento e dispensa da secreção, sofre algum tipo de obstrução externa para realizar suas funções normais.

Isso ocorre quando há algum cisto ou, até mesmo, cálculo biliar no caminho do duto biliar. Neste caso, a passagem da bile torna-se mais difícil. A consequência é que o fluido passa a represar-se na direção contrária, acumulando-se no fígado.

Isso gera uma série de efeitos no corpo, e leva a uma condição chamada de icterícia. O acúmulo indevido da secreção altera a coloração da pele do corpo (tornando-a amarelada), bem como a consistência e coloração das fezes. A alteração, por óbvio, também afeta no correto metabolismo de certos nutrientes – em especial aqueles relacionados em gorduras.


Compartilhe!

Comentar

Clique aqui para postar um comentário