Início » Física » A biofísica e seus diferentes ramos

A biofísica e seus diferentes ramos

Compartilhe!

A biofísica é uma área da biologia que envolve conceitos desta disciplina e da física. Podemos definir biofísica como o campo da biologia que estuda a organização, a dinâmica e a função dos seres vivos a partir da perspectiva da física.

Neste sentido, na biofísica estudamos a eletricidade, a gravidade, os aspectos magnéticos e a energia, tudo relacionado aos seres vivos.

É na biofísica que você estudará os movimentos humanos, a propagação do som e da luz sob nosso ouvido e visão, a troca de fluídos (como os sanguíneos) nos seres vivos, o processo de respiração e as técnicas de análise de imagem.

Ramos da biofísica

Como você já deve ter percebido, este é um campo amplo de atuação, afinal, qualquer movimento que você realize, está utilizando conceitos da biofísica.

Confira como podemos dividir a biofísica de acordo com o seu ramo de estudo:

  • Biomecânica: é a parte da biofísica que estuda a mecânica dos movimentos nos seres vivos. Todos os movimentos que realizamos envolvem a parte mecânica, seja uma caminhada, uma corrida ou um simples movimento de pernas ao dar um chute em uma bola. É esta parte da disciplina que estuda a fabricação de próteses, por exemplo;
  • Bioeletricidade: estuda os processos eletromagnéticos e eletroquímicos que ocorrem nos seres vivos. Como sabemos, o nosso corpo (e o de todos os seres vivos) propaga eletricidade e é isso que esta parte da biofísica estuda, principalmente os impulsos nervosos;
  • Bioenergia: é o estudo da termodinâmica no campo biológico. O corpo dos seres vivos recebe e passa energia para o ambiente e isso é estudado por este campo da disciplina;
  • Bioacústica: é a parte que estuda a transmissão e a captação de ondas sonoras pelos seres vivos;
  • Radiobiologia: é o ramo da biofísica que estuda os efeitos das radiações nos organismos vivos.

Biofísicos famosos

O estudo da biofísica como um campo próprio de estudo, separado da biologia, só foi possível graças a alguns nomes que fizeram descobertas importantes na área. Confira alguns deles:

  • Luigi Galvani: quando você ouvir o termo bioletricidade, certamente ouvirá o nome deste médico italiano, que foi professor de anatomia da Universidade de Bolonha. Seu maior feito é ter sido o descobridor da bioeletricidade;
  • Hermann von Helmholtz: este matemático, médico e físico alemão foi desafiado por seu mestre, o fisiologista Johannes Peter Müller, a medir a velocidade do pensamento. E através de seus estudos ele conseguiu fazer isso, sendo o primeiro a medir a velocidade de um impulso nervoso. Para realizar tal feito, em 1852, ele mediu a diferença de tempo entre o estímulo e a contração do músculo;
  • Francis Crick: este é um biofísico dos tempos atuais, visto que ele faleceu em 2004. Nascido em Northampton, na Inglaterra, ele é conhecido pela descoberta do DNA e de sua estrutura molecular. Esta descoberta ocorreu no ano de 1953, ganhando um prêmio Nobel por esta descoberta.

A importância da biofísica

A biofísica é tão importante que se tornou uma disciplina a parte do campo da biologia. Ela é estudada não apenas pela biologia, mas está presente em áreas como radiologia, fisioterapia, medicina, física, nutrição, odontologia e biomedicina.

Cada uma destas áreas vai atuar no campo da biofísica de uma forma própria, utilizando os conceitos relacionados a elas. Por exemplo, na fisioterapia estuda-se a aplicação da radiação no aquecimento de tecidos do corpo, já na odontologia e radiologia se estuda a mesma radiação, porém aplicada no uso de aparelhos de raio-x.

É na biomedicina que os profissionais interessados em atuar na área de biofísica se graduam.

O biofísico é o profissional que vai estudar o funcionamento dos organismos de todos os seres vivos, principalmente dos seres humanos.


Compartilhe!

Comentar

Clique aqui para postar um comentário