Início » Artes » Cores Primárias: Quais são e o que representam?

Cores Primárias: Quais são e o que representam?

Compartilhe!

Cores primárias

Ao ser apresentado um produto, uma obra ou um ideia, a escolha de cores é bastante importantes, e as cores primárias são a base de tudo isso. As escolhas de cores raramente são pouco pensadas, e representam muita coisa a respeito do objeto que as utiliza.

As cores primárias são a base da teoria das cores, e a fonte de cada cor existente no mercado. Mais do que isso, o conjunto destas cores expressam o entendimento do criador sobre uma obra ou um objeto, uma vez que suas combinações representam intenção, propósito e compreensão sobre estes.

Já no ponto de vista científico, as cores primárias representam manifestações bastante específicas. Existem duas formas de denotação desta categoria de primárias. Ao tratar-se de tintas sólidas, geralmente fala-se das cores primárias como Azul, Amarelo e Vermelho. Tratando-se das cores sob a perspectiva da luz (como na decomposição de um prisma), utiliza-se Ciano, Amarelo e Magenta.

Para este artigo, a utilização será a de cores sólidas, uma vez que fazem parte do cotidiano de forma mais simples. Lembre-se, no entanto, que ao tratar de luz, deve-se substituir o azul pelo ciano e o vermelho pelo magenta.

O que são as cores primárias?

Em teoria, as cores primárias são a raiz básica de absolutamente todos as cores e tons imaginários. Tanto é verdade que uma fábrica de tintas utiliza apenas estes três pigmentos básicos, mais o preto (que é entendido como uma espécie de “não cor”).

Desta forma, as três primárias são a base de toda coloração existente. Amarelo, vermelho e azul puros são as únicas cores que não pode ser criadas através da mistura de outros segmentos – são sempre originais por si só.

O que são cores secundárias e terciárias?

Se o que diferencia as cores primárias das secundárias é a sua singularidade em relação à possibilidade de mistura que as originem, sua especialidade em relação a outras categorias de cores é, justamente, a possibilidade destas terem uma origem em misturas.

As cores secundárias são aquelas originadas da mistura de quaisquer duas  primárias. Elas podem ser o laranja, o roxo e o verde, a depende de quais foram as duas cores primárias utilizadas na composição.

Já quando uma cor primária e uma secundária advinda dela são misturadas, gera-se uma cor terciária. As cores terciárias podem ser interpretadas como “netas” das primárias. A partir da soma das primárias, secundárias e terciárias, pode-se obter uma variedade infinita de cores, tonalidades e nuances.

Qual a importância das cores primárias?

Além de uma mera organização do sistema de cores, as cores primárias são especialmente importantes em nosso dia-a-dia. Comercialmente falando, sua aplicação é mais presente em nossa vida do que imaginamos.

Toda tinta misturada – seja em uma impressora,  em livros, na parede ou em qualquer outro material físico foi feita a partir de uma mistura iniciada com estas cores primárias. Além disso, a tela do smartphone ou do computador que você está utilizando para ler este texto também produz cores a partir de uma mistura de cores primárias mais o preto.


Compartilhe!

Comentar

Clique aqui para postar um comentário