Início » Vida de estudante » Cronograma de estudos: 7 dicas para montar o seu

Cronograma de estudos: 7 dicas para montar o seu

Compartilhe!

Ter um cronograma de estudos pode parecer um exagero para muitas pessoas, mas isso pode ser decisivo para que você seja ou não aprovado em um concurso público, no ENEM ou nos diversos vestibulares extremamente concorridos que acontecem todos os anos.

Se você vai prestar algum exame e precisa direcionar seus estudos para conseguir uma boa nota, mas não sabe por onde começar a organizar seus estudos, não precisa se preocupar.

Nessa matéria listamos 7 dicas para montar o seu cronograma de estudos e chegar muito mais preparado para qualquer tipo de exame.

O que é um cronograma de estudos?

Um cronograma de estudos é o planejamento que você deverá seguir durante seus estudos para alcançar seus objetivos, seja passar em um vestibular ou ser aprovado em um concurso público.

É o cronograma de estudos que vai nortear o que, quando e como você deve estudar, de acordo com as necessidades e os seus objetivos.

1 – Tenha objetivos claros

O primeiro passo que qualquer pessoa deve dar na hora de montar um cronograma de estudos é ter muito claro quais são os objetivos que você deseja alcançar.

Se você vai prestar o ENEM é preciso direcionar seus estudos para tudo que é relacionado ao exame, entender como funciona o seu sistema de aprovação, analisar as provas dos anos anteriores e tudo mais que julgar necessário.

Isso vale também caso você vá prestar vestibular para mais de uma universidade, ou mais de um concurso público.

2 – Entenda sua rotina antes de montar um cronograma de estudos

Esse é um erro que muitos estudantes cometem na hora de criar seu cronograma de estudos.

De nada adianta montar um cronograma de estudos que consuma dez horas do seu dia, se você não dispõe dessa carga horária livre para se dedicar aos estudos.

Se você trabalha durante o dia, por exemplo, dificilmente conseguirá cumprir uma carga horária de dez horas por dia de estudos. Afinal de contas, você precisa se alimentar, descansar e dormir para recomeçar a jornada no dia seguinte.

Criar um cronograma de estudos que não é adequado para a sua rotina diária pode, mais do que ajudar, atrapalhar seus estudos e fazer com que você chegue despreparado para fazer sua prova.

Cronograma de estudos

3 – Crie um ambiente de estudos

Além de entender e adaptar o seu cronograma de estudos a sua rotina, é preciso ter um ambiente de estudos que possa favorecer seus estudos.

O ideal é reservar um espaço, de preferência longe do sofá e da cama, onde você possa deixar todos os materiais necessários para seus estudos. Se esse espaço não tiver distrações como computador e televisão, melhor ainda.

Ter um ambiente específico para seus estudos ajuda você a manter a concentração e melhora sua produtividade de maneira drástica.

Para deixar o seu ambiente de estudos mais agradável e produtivo mantenha-o sempre limpo e organizado.

4 – Escolha um método

Para ter um cronograma de estudos que seja realmente produtivo não adianta apenas separar um horário do seu dia e escolher aleatoriamente as matérias que serão estudadas na hora.

Existem vários métodos e técnicas de estudos que te ajudam a organizar o conteúdo que deve ser estudado e potencializar o aprendizado.

Veja alguns exemplos de técnicas de estudo que podem ajudar nos resultados dos seus estudos.

Curva do esquecimento

É muito comum que com o passar dos dias as matérias que já foram estudadas acabem caindo no esquecimento, e essa técnica existe para evitar esse esquecimento.

Esse método sugere que sejam feitas três revisões para cada conteúdo absorvido. A primeira revisão da matéria deve ser feita sempre 24 horas depois dela ter sido estudada.

A segunda revisão é feita depois de 7 dias, e a terceira deve ser realizada 30 dias depois do conteúdo ter sido estudado pela primeira vez.

Essas revisões devem ser feitas com as anotações e resumos que você já fez, reduzindo o tempo necessário para relembrar cada matéria.

Pomodoro

O método Pomodoro foi criado para melhorar e aumentar a capacidade de concentração durante os estudos.

Sua aplicação é bastante simples: reservar períodos para estudo sem qualquer tipo de interrupção, intercalando esses períodos com intervalos para descanso.

Uma sugestão para utilizar o método Pomodoro é fazer blocos de estudo focado por 30 minutos, onde 20 minutos podem ser direcionados a leitura da matéria e os 10 minutos restantes sejam utilizados para anotações e resumos.

Os intervalos podem ser de 10 minutos, que devem ser utilizados apenas para descanso.

Dessa forma você foca muito mais no que está estudando, e ainda cria uma disciplina extremamente importante para seguir seu cronograma de estudos.

5 – Defina suas metas diárias

Um dos grandes benefícios de ter um cronograma de estudos é saber exatamente o que estudar e quando estudar.

Muitos estudantes acham que quanto mais conseguirem estudar em um único dia, melhor, mas isso pode ser um erro que torne impossível alcançar seus objetivos nos estudos.

Para aproveitar melhor seu tempo de estudos estipule metas e horários específicos para estudar cada matéria.

Veja um exemplo:

  • Matemática – 2 horas por dia;
  • Biologia – 1 hora por dia;
  • Química – 1 hora por dia.

Dessa forma o seu cronograma de estudos será muito mais produtivo e você conseguirá estudar todas as matérias sem focar mais em algumas e deixando outras de lado.

Cronograma de estudos

6 – Reserve horas para descanso e lazer

Apesar de ser necessário se dedicar e concentrar suas energias para conseguir seguir seu cronograma de estudos, chega uma hora em que o corpo precisa de uma trégua.

É comum encontrar casos de estudantes extremamente irritados e estressados dias antes de suas provas, e esse é um sinal de que as coisas não vão bem.

Níveis de stress e ansiedade muito elevados podem por todo o seu esforço e dedicação a perder, por isso é tão importante que o seu cronograma de estudos inclua períodos de descanso e lazer.

Reserve alguns horários para atividades físicas, passeios e momentos onde você possa deixar de lado os estudos e dar um descanso para o corpo e o cérebro.

Sempre que retomar os estudos após esses intervalos você vai se sentir muito mais motivado e energizado para dar sequência ao seu cronograma de estudos.

7 – Seja flexível

Imprevistos sempre podem acontecer, e mesmo que o seu cronograma esteja todo alinhado é preciso deixar espaço para mudanças, quando necessárias.

O ideal é preparar o cronograma de estudos da semana, reservando uma hora na sexta-feira para rever os planos e fazer ajustes quando necessário.

Considerações finais

Manter um cronograma de estudos é essencial para que você possa organizar e tirar o máximo proveito de todo o tempo que vai passar se preparando para exames e concursos de qualquer tipo.

Para garantir que o cronograma de estudo seja seguido é preciso disciplina, planejamento, objetivos claros que farão com que você consiga absorver todo o conteúdo necessário para que os objetivos sejam alcançados.


Compartilhe!

Comentar

Clique aqui para postar um comentário