Início » Biologia » Ovíparos: animais que nascem de ovos

Ovíparos: animais que nascem de ovos

Compartilhe!

Os animais que nascem de ovos são biologicamente chamados de animais ovíparos. A este tipo de animal, reserva-se a definição de um desenvolvimento embrionário que ocorre integralmente dentro do ovo posto pela fêmea.

Para que se classifique um animal como ovíparo, é necessário que seja depositado, na natureza, o ovo onde o embrião crescerá. Na maior parte dos casos, os ovos são colocados no meio externo já fecundados. Em alguns outros casos, e fecundação ocorre depois que os ovos já foram postos. O que define os animais que nascem de ovos – os ovíparos – é o processo de desenvolvimento externo ao corpo da fêmea.

Saiba mais sobre as características dos animais ovíparos, seu desenvolvimento, e alguns animais que nascem de ovos:

Como desenvolvem-se os animais que nascem de ovos?

Por termos a concepção uterina do desenvolvimento de fetos humanos, nem sempre é fácil compreender o processo de desenvolvimento dos ovíparos na fase embrionária. A verdade, no entanto, é que não se trata de algo verdadeiramente complicado.

Quando um ovo é depositado, já há – em seu interior – todos os nutrientes necessários para o desenvolvimento do embrião. Isso significa que seu interior carrega a energia e os tipos de nutrientes necessários para que o animal desenvolva-se por completo, até o momento do nascimento propriamente dito.

Fecundação interna e externa

Existem basicamente duas categorias de animais ovíparos, no que diz respeito à fecundação. A maior parte destes animais possui reprodução com fecundação interna. Isso quer dizer que, no momento em que o ovo é posto, ele já está fecundado pelo macho. Se for colocado sem ser fecundado (como ocorre com galinhas), o processo não pode ocorrer de forma posterior. Todas as aves e crocodilianos recorrem a este tipo de reprodução.

Há, ainda, os animais ovíparos de fecundação externa. Neste caso, a fêmea põe os ovos no ambiente externo, ainda não fecundados. Só então o macho libera espermatozoides, sobre este mesmo meio externo, para que seu material genético fecundo aqueles ovos colocados. É o caso de alguns anfíbios e algumas espécies de peixe, por exemplo. Em função do risco deste tipo de reprodução, é comum que animais que nascem de ovos fecundados externamente coloquem muito mais ovos no meio externo do que aqueles que possuem fecundação interna.

Exemplos de animais ovíparos

Há diversos naturais ovíparos no meio natural, em praticamente todos os ambientes – dos mais secos aos mais úmidos. Anfíbios (como rãs e sapos) e aves são animais que nascem de ovos, não havendo exceção. Praticamente todos os aracnídeos, bem como insetos também apresentam essa característica.

Moluscos, incluindo os aquáticos, como polvos, e os terrestres, como lesmas e caracóis também são ovíparos. Ainda no ambiente aquático, os peixes são animais que apresentam, a depender da espécie, fecundação externa ou interna entre a categoria. Além disso, répteis, como cobras, tartarugas, crocodilos e etc também apresentam reprodução por meio de ovos.

Casos excepcionais

Em geral, mamíferos não são ovíparos. A exceção ocorre com os ornitorrincos e a equidna. Ambos são mamíferos, pois possuem mamas para a produção de leite para os filhotes. No entanto, o desenvolvimento embrionário ocorre através de ovos que desenvolvem-se fora do corpo materno. Desta forma, são classificados como ovíparos.


Compartilhe!

Comentar

Clique aqui para postar um comentário