Início » Biologia » Sistema Renal: como funciona?

Sistema Renal: como funciona?

Compartilhe!

O sistema renal, também chamado de sistema urinário, é responsável por produzir, armazenar e eliminar a urina. Os rins fazem a urina filtrando as impurezas e componentes não necessários no sangue. Depois de produzida, ela é enviada através de dois tubos finos chamados ureteres, que “abastecem” a bexiga. A a bexiga está cheia, a pessoa elimina a urina, retirando-a do corpo através da uretra, que perpassa o sistema genital de forma distinta entre homens e mulheres.

O sistema renal é suscetível a diversas infecções e problemas causados por agentes externos e, até mesmo, pela sobrecarga de suas funções. Conhecer este sistema é essencial, pois trata-se de uma das funções necessárias para o correto funcionamento do organismo.

Entenda mais sobre o sistema renal, suas características básicas, componentes e funções:

O que é o sistema renal?

O sistema renal, ou sistema urinário, atua em conjunto com os pulmões, os intestinos e a pele para manter o equilíbrio de componentes químicos e da água no corpo. Adultos eliminam entre 0,8 e 2 litros de fluidos, quando consomem uma quantidade adequada de água durante o dia.

Além disso, o funcionamento do sistema renal está relacionado  ao próprio processo de perspiração da pele e respiração, que atuam como reguladores conjuntos dos fluidos corporais. O sistema urinário também é influenciado pela alimentação e por medicações – especialmente por componentes diuréticos, que aumentam a quantidade de urina produzida como um efeito colateral. Além disso, café e álcool são conhecidos por aumentar significativamente a frequência com a qual uma pessoa urina.

Rins

Os rins são os órgãos primário do sistema urinário – não à toa, chamado também de sistema renal. Eles possuem o formato de um feijão, e localizam-se logo abaixo da caixa torácica, próximos ao centro das costas. Os rins são responsáveis pela remoção de ureia do sangue – um subproduto formado da quebra de moléculas de proteína, tóxico para o corpo.

Isso é feito através de um processo de filtragem que ocorre em pequenas estruturas distribuídas pela órgão, chamadas néfrons. Cada néfron consiste em um conglomerado de capilaridades pelo qual o sangue passa e é filtrado cuidadosamente.

Ureteres

Após formada nos rins, a urina precisa ser levada à bexiga. Para que isso ocorra, ela é enviada através de dois tubos finos, chamados ureteres. Cada ureter possui cerca de 20 a 25 centímetros de comprimento.

Músculos em suas paredes fazem movimentos de contração e relaxamento para levar a urina para a direção oposta aos rins. Este movimento é importante, pois a manutenção de urina no órgão pode levar a infecções renais. Pequenas quantidade de urina são atravessadas para a bexiga por estes tubos a cada 10 ou 15 segundos.

Bexiga

A bexiga é um órgão em formato, como o próprio nome sugere, de uma bexiga de borracha. É um órgão oco, localizado na pélvis e mantida no local por um série de ligamentos. Ela é responsável por armazenar a urina produzida até que a pessoa esteja pronta para urinar, quando ela é esvaziada, enviando a urina pela uretra que a leva para fora do corpo.

Estima-se que uma bexiga saudável seja capaz de armazenar quase meio litro de urina por cerca de duas a cinco horas. Para prevenir vazamentos ou falta de controle sobre este processo, músculos circulares chamados esfíncteres fecham o canal entre a bexiga e a uretra.

Uretra

A uretra é o canal que leva a urina da bexiga para fora do corpo. No caso das mulheres, ela mede entre 4 e 5 centímetros, e fica entre o clitóris e o canal vaginal. Nos homens, costuma ter cerca de 20 centímetros ou mais, e percorre a extensão completa do pênis. No caso dos homens, ela transporta tanto a urina, no momento de sua eliminação, quanto o sêmen, nas ejaculações.


Compartilhe!

Comentar

Clique aqui para postar um comentário