Início » Biologia » Tipos de folhas de plantas

Tipos de folhas de plantas

Compartilhe!

Ao longo da evolução dos organismos no planeta terra, diversos tipos de folhas de plantas desenvolveram-se. Em função de suas condições específicas e necessidades de sobrevivência, diferentes formatos, cores, tamanhos e características surgiram.

Por questões de sobrevivência, muitas plantas até mesmo modificam-se ao longo do ano. Isso  é especialmente verdade nos caso das folhas, uma vez que elas são especializadas na fotossíntese e, sem as condições específicas que estimulam este processo, não há motivos para manter as estruturas de absorção.

Entenda mais sobre os diferentes tipos de folhas de plantas, e quais são suas partes, características e diferenças:

As partes de uma folha

As folhas são as estruturas onde é realizado o processo de fotossíntese, necessário para a produção  de energia em para a planta. Internamente, a maior parte das folhas apresentam estrutura celular muito semelhante, com organelas como cloroplastos para a utilização de pigmentos de absorção de luz.

De forma externa não é diferente. Estruturalmente, os diferentes tipos de folhas de plantas apresentam os mesmo elementos, variando apenas em sua forma de organização. Estes elementos são:

Limbo

O limbo é a parte geralmente associada à folha propriamente dita. Trata-se da lâmina vegetal que estrutura-se sobre o as partes que auxiliam na sua manutenção e forma. É no limbo que ocorre a maior parte da captação de luz para a realização da fotossíntese, por exemplo, e é nele que você encosta na maior parte da superfície da folha.

Pecíolo

O pecíolo é presente na maior parte das folhas. Existem alguns tipos de folhas de plantas qie mão possuem a estrutura. Trata-se do mecanismo através do qual a folha liga-se ao caule, e é através deste canal e a folha realiza a transmissão de seiva (bruta e elaborada) com o resto da planta. Trata-se, portanto, de um ponto essencial de ligação da folha.

Bainha

A bainha também não é presente em todos os tipos de folhas, mas é bastante comum. Serve como um auxílio de acoplamento entre a folha e o caule.

Classificação dos tipos de folhas das plantas

As folhas são geralmente classificadas quanto ao seu limbo, por tratar-se da parte mais significativa de sua estrutura. De forma geral, podem ser classificados em dois grupos maiores:

As folhas simples são aquelas em que não há divisão do limbo. Significa dizer que cada estrutura de pecíolo corresponde a uma única folha. Já as folhas compostas são aquelas em que o limbo divide-se em estruturas menores, chamadas de folíolos.

Em geral, as folhas largas costumam apresentar a divisão em folíolos, como uma forma de proteção contra agentes externos (como o vento) que tendem a danificar sua integridade. Há, ainda, subdivisões entre os tipos de folhas compostas em três categorias: imparipenadas, paripenadas e digitadas.

As folhas compostas imparipenadas são nomeadas assim pois são ímpares. Isso significa que os folíolos organizam-se de forma que haja folíolos laterais e um folíolo único em sua ponta.

Já as folhas compostas paripenadas, como se pode presumir, apresenta folíolos pares, e sua extremidade possui, também, dois folíolos adicionais.

As folhas compostas digitadas, por sua vez, são aquelas onde todos os folíolos de sua composição partem de uma mesma base. Por vezes, chama-se este tipo de “folha palmada”.


Compartilhe!

Comentar

Clique aqui para postar um comentário